Na Política

Biblia Online

Tamanho da letra

25/05 | 10:46h

FECHADO PARA BALANÇO

Em alguns períodos do ano é comum passarmos pela frente de algumas lojas e lermos o seguinte aviso: “Fechado para balanço”. Esse é o período em que muitas empresas param tudo para conferir estoque, reavaliar os processos e, a partir daí, adotam as medidas necessárias para a próxima etapa. A gente aprende em Administração a importância dessa visão sistêmica - analisar os produtos que vão abastecer a loja, cuidar do processamento, a estratégia de venda, obter o feedback para, então, fazer a retroalimentação, recomeçando o processo. Será que não devemos fazer o mesmo em relação a nossa vida? Fecharmos para balanço?

 

Inclusive, esse “balanço” pode ser feito agora, durante o momento de quarentena. O período de isolamento social por conta da pandemia do Coronavírus, mesmo para os que estão de home office, é oportuno para reservar um momento de imersão interior, avaliando cada passo dado na vida nos últimos tempos e suas consequências. Vejo pessoas que nem bem saem de um problema e já estão embarcando em outro maior.

 

Isso acontece com a vida sentimental, por exemplo. Pessoas adeptas da frase “um amor só se cura com outro amor”, na verdade acabam se machucando mais ainda, pois não se deram o tempo necessário para avaliar os estragos do "tsunami" que passou por sua vida e já estão entrando em outra tempestade. Isso acontece em várias áreas da vida, talvez seja o imediatismo característico dos nossos dias. Geralmente não gostamos de parar para pensar e muito menos de fazermos autoavaliações, é a velha frase da Broadway: “o show não pode parar”.

 

Quando, através de um grande esforço, paramos para fazer autoavaliação, focamos naquilo que estamos fazendo e não no que somos. Talvez, seja esse o nosso maior equívoco, pois acabamos por fazer mudanças apenas nas nossas atitudes, mas, as mudanças mais profundas, mais significativas, acabamos adiando. Possivelmente, isso aconteça por causa da nossa falta de tempo, do medo de pararmos um pouco, fecharmos para balanço, darmos a nós mesmos um feedback e retroalimentarmos nossa vida.

 

Procure separar um tempinho para ficar sozinho e refletir sobre os acertos e os equívocos que tenha cometido, e, a partir daí, deixar que mudanças interiores sejam tão significativas que transbordem para o seu exterior, fazendo de você uma pessoa melhor. Você pode até dizer para algumas pessoas: "se nessas próximas horas não conseguirem falar comigo, é porque estou fechado para balanço, mas eu volto, e espero voltar melhor".

 

E eu, na ocasião, agradeço a você, caro (a) leitor (a), por acompanhar meus artigos aqui durante todo esse tempo, e aproveito para anunciar que finalizo nesta edição este ciclo de colunas, ou melhor, de troca de vivências. Foi um tempo bastante proveitoso e honroso para mim. Você pode continuar me acompanhando pelas minhas redes sociais: Instagram @luizantonioaracaju/ Youtube pastorluizantoniodasilva/ Twitter @luizantonioaju/ Facebook @pastorluizantoniodasilva. Também será uma satisfação receber seu feedback – canalluizantonio@gmail.com. Um fraterno abraço e até uma próxima oportunidade, se Deus disser que sim. Jesus abençoe!

 

Pastor Luiz Antonio da Silva


saiba mais



29-09-2020
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter