Na Política

Biblia Online

20/11/15 | 17:16h (BSB)

Enquanto a felicidade não chega

Estamos vivendo dias em que a linguagem empresarial saiu dos ambientes das empresas e invadiu a sociedade de uma forma geral. Está sendo comum, portanto, ouvirmos termos que antes eram empregados apenas naqueles ambientes e que agora são usados em outras áreas de trabalho, nas famílias e até em igrejas. Além da linguagem, ferramentas da administração têm sido constantemente utilizadas com a proposta de dar direcionamento e facilitar o planejamento de vida. Dentre as palavras comumente usadas, ouvimos sempre uma delas em destaque: metas. Muitas pessoas estão estabelecendo metas para suas vidas. Essa é uma forma inteligente para se atingir objetivos, pois, assim, é possível mensurar com mais facilidade o quanto de força deve ser empreendido para, gradativamente, chegar às realizações de vida.

 

O que me preocupa, entretanto, é que de repente, essas pessoas, estando tão avidamente envolvidas com suas metas, parecem estar deixando a felicidade acontecer apenas para quando as metas forem atingidas. Isso traz um grande risco que é o de fatiar a vida, parecendo que a felicidade só acontece a cada etapa vencida, e não no dia a dia. Ou seja, é gasto tanta energia e tanto tempo para se alcançar as metas que se esquece de viver a felicidade simples, casual, do cotidiano. Parece que vamos ficando cada vez mais insensíveis às coisas simples que antes nos alegravam, e agora nossa felicidade é enlatada, sem surpresas, planejada demais e sem parecer, em nada, com a atitude daquela criança gripada que não tem medo de sair de casa debaixo de uma chuva fortesó para brincar com barquinho de papel na enxurrada.

 

Acredito que equilíbrio seja a palavra mais adequada para tal situação. Com certeza devemos dizer “seja bem vindo” para essas ferramentas que os estudiosos, psicólogos e administradores nos entregaram, com o intuito de facilitar a nossa vida, e nos ajudar na realização de vida. Porém, isso não deve ser levado a ferro e fogo,a ponto de tirar a nossa alegria simples, pois em todos os dias temos a oportunidade de ser feliz e fazer outros felizes também.

 

Jesus Cristo declarou que a sua missão aqui no mundo era a de nos trazer vida, a vida com abundância, a vida plena. E talvez a melhor maneira de entender isso seja da seguinte maneira: a vida deve ser vivida todos os dias. Sei que pode parecer incoerente ou redundante “viver a vida todos os dias”, mas, na verdade, quando gastamos muito do nosso tempo presente para pensar exageradamente no nosso futuro, estamos deixando de ser felizes hoje.

 

Viva a vida que Jesus tem pra você... Faça planos, estabeleça metas, mas não deixe de viver dia após dia a felicidade das coisas simples; não deixe que o adulto que você se tornou mate a criança que ainda existe em você. Não espere se formar para ser feliz; seja feliz como estudante! Não espere se casar para ser feliz; seja feliz namorando! Não espere se aposentar para viajar; comece agora! Não espere Deus te chamar; chame por ELE.


Um abraço a até a próxima se Deus disser que sim!

 

saiba mais



26-04-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter