Na Política

Biblia Online

13/05/14 | 13:09h (BSB)

Contrato Social

*Por Ricardo Euzébio


Inicialmente, quando se fala em democracia, lembra-se logo em cidadãos capazes de argumentar, fazer escolhas, criticar concepções e defender perspectivas. A democracia é uma forma de governo na qual, segundo Rousseau e seu contrato social, a soberania emana do povo. A população, através das eleições, escolhe seus representantes, que devem defender os interesses e direitos da mesma. Quando estes interesses não são respeitados e seus direitos são negados, o povo tende a se manifestar e protestar.


A priori, com o advento da globalização, o povo tem ganhado mais voz. Através de redes sociais, a população tem trocado ideias e interesses, garantindo assim sua soberania. Um exemplo desta soberania por parte do povo ocorreu na Islândia, onde a população reinscreveu a constituição através de uma rede social, um bom exemplo de democracia direta. Nos solos verde-amarelo, também se têm utilizado as redes sociais para marcar protestos e manifestações, uma boa iniciativa da população. Desse modo, com a crise da legitimidade, o povo quer retornar sua soberania.


A posteriori, lembremos que o direito de protestar nem sempre existiu, e foi garantido à população com o passar do tempo. Diversos tipos de manifestações acontecem pelas terras tupiniquins e pelo mundo: Marcha das Vadias, Marcha da Maconha, protestos na Ucrânia e Venezuela. Ressaltemos que direitos básicos como saúde, educação e bom investimento do dinheiro pago através dos impostos, garantidos pela Carta Magna, não têm sido respeitados e a população tem se dado conta disso e exercido o seu direito de protestar.


Em suma, é mister que o direito de protestar sempre esteja presente. O governo deve garantir os interesses da população e a mesma deve exercer seu direito de protestar caso estes interesses não sejam respeitados. Pode-se implementar uma reforma política e debater sobre os votos distrital e em lista e o financiamento público de campanha. Também precisa-se discutir sobre a implantação da democracia direta.

 

Ricardo Euzébio é estudante do 2◦ Ano do Ensino Médio. Redação dissertativa argumentativa sobre as manifestações no Brasil e no mundo.

 

*Material enviado pelo internauta. De única responsabilidade do autor. 



29-06-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter