Na Política

Biblia Online

12/05/17 | 08:45h (BSB)

Kitty Lima denuncia o baixo número de creches em Aracaju

falta de creches em diversos bairros de Aracaju foi denunciada pela vereadora Kitty Lima (REDE) durante sua participação no pequeno expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Em seu discurso, a parlamentar lamentou a grande fila de crianças que esperam por uma vaga nas creches do município e a falta de atenção às unidades por parte da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA).


De acordo com a parlamentar, o baixo número de creches tem prejudicado o dia-a-dia de muitas famílias e afetado também o serviço que é ofertado às crianças já matriculadas. “Esse é um problema absurdo, onde a gente vê que as ONGs surgem devido a falta de atuação do Poder Público. Existem estudos que mostram que Aracaju possui bairros que não têm sequer uma creche. Salvo os bairros Salgado Filho e São José, que são vizinhos e localizados na região central da capital, todos os outros não atendem nem metade da demanda”, reclamou a vereadora.


Kitty visitou na última terça-feira, 09, a Casa Maternal Amélia Leite, no bairro Suíssa, e ficou admirada com o belo trabalho que a entidade realiza mesmo com as deficiências decorrentes da falta de atenção por parte da PMA. “A Casa Maternal Amélia Leite possui um grande número de crianças assistidas e uma lista ainda maior delas que possuem pais interessados em matriculá-las na instituição, mas, infelizmente, não há vagas”, lamentou a vereadora, que lançou um questionamento ao plenário. “E como fica a situação dessas mães que precisam trabalhar para sustentar a casa, mas não tem com quem deixar seus filhos? Esta é uma situação grave”, questionou.


Durante a visita, Kitty ouviu dos funcionários da Casa Maternal o desejo de oferecer uma rede de serviço maior e de qualidade, dentro da própria instituição, às crianças assistidas. Porém, a falta de investimentos e de interesse da prefeitura são as grandes barreiras para expandir o atendimento. “Eles estão precisando de coisas relativamente simples, mas que fazem grande diferença no dia-a-dia dessas crianças, como um profissional de educação física para desenvolver atividades recreativas e médicos para atender no espaço que já existe no local, por exemplo. É um trabalho tão lindo e que precisa ser melhorado ainda mais”, disse emocionada a vereadora.

Nesta sexta-feira, 12, a parlamentar irá se reunir com a secretária da Educação Municipal, Maria Cecília Leite, para cobrar a regularização do envio da verba destinada à merenda na Casa Maternal Amélia Leite. “Levarei à secretária toda essa demanda e aproveitar ainda a oportunidade para informar que nem a merenda está chegando às creches, a exemplo do que acontece com a Casa Maternal Amélia Leite. É uma situação muito triste porque vemos crianças educadas e carinhosas que muitas vezes só realizam as refeições corretamente nesses locais. Como vereadora, cidadã e, principalmente, mãe, não posso ter ciência dessa situação e não fazer nada por essas crianças que hoje estão a mercê desse descaso”, garantiu Kitty.


Da Ascom



15-12-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter