Na Política

Biblia Online

27/07/23 | 17:55h (BSB)

Deputados aprovam e Poço Redondo recebe o Título de ‘Capital Sergipana do Cangaço’

Foi aprovado na Casa Legislativa de Sergipe, o Projeto de Lei nº 247/2023, de autoria do deputado estadual Doutor Samuel Carvalho (Cidadania), que confere ao município de Poço Redondo, oficialmente, o Título de ‘Capital Sergipana do Cangaço‘. O município está localizado no Alto Sertão sergipano, a cerca de 200 quilômetros de Aracaju, capital do estado, e é um dos municípios de maior expressividade cultural da região.

Poço Redondo é lembrado pelo lugar onde o cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva, mais conhecido como Lampião, foi morto na Fazenda Angicos, no local chamado de Grota do Angico. O município também é conhecido por suas belezas naturais e atrações turísticas, que são encontradas nos povoados ribeirinhos de Curralinho, Bom Sucesso e Cajueiro. Suas manifestações
populares, como a “Cavalhada”, são conhecidas em toda a região. A produção artesanal do município é bastante variada, incluindo o tradicional bordado “redendê”; a escultura em madeira e o trançado com fibras de caroá.

Grota do Angico, Poço Redondo/SE (Foto: Silvio Oliveira)

Centro de Produção

No município, fica também, o Centro de Produção. O lugar é repleto de peças históricas que um dia fizeram parte do cotidiano do homem do sertão, onde podemos  ter acesso aos artigos expostos, a exemplo do ferro que Maria Bonita, esposa de Lampião, passava roupas; como também, armas, fotos e artigos pessoais dos cangaceiros.

O deputado explica que por todos os acontecimentos históricos de Lampião e seu bando em Poço Redondo, o município precisa ser homenageado pela Assembleia legislativa como Capital Sergipana do Cangaço.

“É uma maneira de fortalecer, ainda mais, a rica cultura em torno do cangaço em Poço Redondo. Precisamos preservar todos os acontecimentos históricos e essa propositura tem esse propósito”, disse.

Da Ascom

 



29-02-2024
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter