Na Política

Biblia Online

01/10/14 | 10:04h (BSB)

Candidatos seguem linha de confrontos em debate na TV Sergipe

Jackson destaca Mais Médicos, Airton rebate. Eduardo cita João e fala em integração do transporte, Sônia contesta.

Por Raissa Cruz

 

Candidatos ao Governo de Sergipe participaram na noite de segunda-feira, 30, do debate da TV Sergipe, mediado pelo jornalista Ernesto Paiva, e seguiram, basicamente, a mesma linha de confrontos e ênfase de certos temas: Eduardo Amorim (PSC) x governo atual, Jackson Barreto (PMDB), por tabela, revidando; Sônia Meire (PSOL) atingindo por igual os dois primeiros, e Airton da CGTB (PPL) enfatizando a defesa pela industrialização. Foram convidados os candidatos que têm representação partidária nos parlamentos nacionais, contudo, assim como aconteceu no debate da TV Atalaia, o candidato Airton, conseguiu uma liminar da Justiça para participar do debate alegando que seu partido foi recém criado.

 

Entre os temas debatidos, falando sobre saúde, o candidato Jackson Barreto destacou o desenvolvimento de um dos programas do Governo Federal em Sergipe. “O programa Mais Médicos veio trazer soluções para os Municípios mais distantes, e em uma hora muito feliz a presidente Dilma trouxe o Mais Médicos para o interior do estado, e é importante se dizer que Sergipe foi o estado que ofereceu a melhor estrutura em virtude das clínicas construídas no governo Marcelo Déda. E é claro que se pode fazer muito mais”, disse JB.

 

Em rechace, o candidato Airton ponderou: “o Mais Médicos foi importante, mas não é solução. Não podemos deixar nas costas de Cuba um problema tão grande como a saúde em nosso país. E em Sergipe precisamos acabar com as fundações, que vem drenando o dinheiro público, inclusive com vários desvios como é noticiado no dia-a-dia. Temos criar um programa de saúde estadual”, disse ele, aproveitando para repetir que Sergipe contará com uma maior arrecadação para investir em seus serviços, se focar na industrialização.

 

Por sua vez, a candidata a Sônia Meire julgou: “eu quero dizer à população sergipana que nem o candidato Amorim se fosse eleito resolveria o problema da saúde, nem o candidato Jackson Barreto se fosse eleito resolveria o problema. Porque ambos partem da privatização da saúde, desviando todo o recurso público para as terceirizações, e deixa você, que está lá na ponta, sem o atendimento”, julgou a candidata Sônia Meire. Já o candidato Eduardo Amorim, negou qualquer intenção de privatização e defendeu uma força tarefa para resolver a situação da saúde logo no início do governo.

 

Integração

Dos projetos de governos apresentados, ganhou destaque um projeto do candidato Eduardo Amorim, que até então não vinha sendo muito comentado: a integração no transporte estadual. “Nós vamos integrar todo o sistema em nosso estado para fazer com que o trabalhador possa se deslocar com uma tarifa acessível mesmo que de lugares distantes no estado. Tornaremos o sistema mais seguro, com horário de sair e de chegar, o sistema mais eficiente”, prometeu ele. O projeto foi contestado por Sônia Meire, que acredita ser impossível de se realizar.

 

João citado

Quando o assunto foi habitação, o prefeito de Aracaju João Alves Filho foi lembrado por seu aliado o candidato Eduardo Amorim. “O governo de Dr. João e Dona Maria, nossa senadora, comprou essa briga e conseguiu eliminar grande parte dessas casas de taipa, mas nesse governo o que vemos é a omissão, sentenciando essas famílias, embora haja muito recurso do Governo Federal. Mostrando que o que falta é projeto”, disse ele.

 

Rebatendo, o candidato Jackson Barreto declarou: “não vou negar o que foi feito em outros governos, mas é preciso que o senador acompanhe as obras do estado, aliás, acho que ele nem sabe onde ficam as obras porque ele não sabe onde vive o povo mais pobre. Nós compreendemos o déficit habitacional em Sergipe, mas estamos construindo mais unidades”, disse, citando a previsão de construção de 6 mil novas casas para os movimentos populares.

 

Da redação

 



21-07-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter