Na Política

Biblia Online

07/02/22 | 06:34h (BSB)

Procon Aracaju divulga nova pesquisa comparativa de preço de combustíveis

Ampliar Foto

Foto: Ascom SemDec

A Prefeitura de Aracaju divulga nesta quinta-feira, 3, a nova pesquisa comparativa de preço de combustíveis comercializados em postos de abastecimento da cidade, realizada pelo Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), órgão vinculado à Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec).
 
Esse levantamento, cujos dados foram apurados na quarta-feira (2), visa a possibilitar que o cidadão aracajuano possa analisar qual posto oferece melhor custo-benefício na hora de abastecer o seu veículo. Além disso, de acordo com o coordenador do Procon Aracaju, Igor Lopes, é possível que o consumidor, através da pesquisa, possa identificar possíveis cobranças abusivas durante a compra do produto.

“Esse levantamento, em especial, foi motivado pela constante variação de preços do segmento e tem como objetivo proporcionar aos consumidores aracajuanos o monitoramento do preço médio destes insumos na capital, difundindo os benefícios da pesquisa prévia para sua economia pessoal e possibilitando subsídios para que, deparando-se com situações de cobranças abusivas, os consumidores possam apresentar as suas denúncias”, explica.

A pesquisa identificou que, em comparativo com a pesquisa realizada pelo órgão no mês passado, somente o Diesel S10 apresentou aumento em fevereiro. No primeiro mês do ano, o menor preço registrado desse combustível havia sido de R$5,34, enquanto neste mês foi de R$5,54.

O coordenador enfatizou que o Procon Aracaju não pode regular os preços mínimos e máximos dos combustíveis e de nenhum outro produto comercializado na cidade, mas que atende as denúncias sobre casos de abusos identificados e denunciados pela própria população.

“Em que pese o Procon não possa regular preços mínimo ou máximo de nenhum produto ou serviço posto em circulação no mercado, uma de suas atribuições essenciais é combater as abusividades, sobretudo garantir que não sejam exigidas vantagens manifestamente excessivas dos consumidores e fiscalizar a proibição legal de que os preços sejam elevados sem justa causa”.

A pesquisa
O levantamento, que pode ser acessado aqui, identificou os preços de diferentes tipos de combustíveis em 44 postos da cidade, sendo oito da zona Norte, 23 da zona Sul, nove da região do Centro e outros quatro da Zona de Expansão da cidade. Dos preços encontrados, a Gasolina Aditivada varia de preços que vão de R$6,39 a R$6,99. Já a Gasolina Comum vendida na cidade custa no mínimo R$6,39 e no máximo R$6,89.

O Diesel S10 foi encontrado com valores entre R$5,54 e R$5,99, seguido do Etanol com variação de R$4,87 a R$5,49 e do Gás Natural Veícular (GNV) de R$4,47 a R$4,49. Além de apresentar os valores referentes aos combustíveis em diversos estabelecimentos neste mês de fevereiro, a pesquisa traz um comparativo com o valor de venda de janeiro deste ano e de agosto do ano passado.

Para denúncias e reclamações, os consumidores podem acionar o Procon Aracaju através do SAC 151 e da linha telefônica 3179-6040, que funcionam todos os dias úteis, das 8h às 13h. Ainda é possível acionar o órgão através do e-mail: procon@aracaju.se.gov.br.

Da Ascom



21-05-2022
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter