Na Política

Biblia Online

25/06/21 | 06:54h (BSB)

Georgeo questiona abandono de rodovias estaduais pelo interior

Ampliar Foto

Foto: Alese

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, em mais uma Sessão Extraordinária Remota, nessa quarta-feira (23), para fazer questionamentos sobre a suspensão ou lentidão de algumas obras iniciadas pelo governo do Estado. Na oportunidade, o parlamentar também destacou os 17 anos da TV Alese e cobrou uma ação mais efetiva da Alese na fiscalização dos contratos realizados pela Secretaria de Estado da Saúde, durante a pandemia, e que foram alvos de uma Operação da Polícia Federal, CGU (Controladoria Geral da União) e MPF (Ministério Público Federal) no nosso Estado.

Ao iniciar seu discurso, Georgeo voltou a questionar sobre a lentidão das obras na rodovia que liga o município de Nossa Senhora das Dores ao povoado Serra do Machado, em Ribeirópolis. “Estive na assinatura da ordem de serviços lá atrás e, sábado (19) agora estive novamente e não encontrei uma única máquina empresa TORRE trabalhando. Os motoristas da região já não sabem com quem reclamar diante dos caos, do risco de acidentes”, denunciou, cobrando um posicionamento da Sedurbs e do DER sobre a paralisação da obra que, segundo ele, é muito importante para toda aquela região.

Em seguida, Georgeo Passos também questionou a respeito da obra da adutora do Rio São Francisco, também no município de Ribeirópolis. “Esta é uma obra da Deso, que está sendo realizada pela CELI, mas infelizmente, depois que eles executam os serviços, deixam um estrago nas vias públicas. A gente espera que a Deso envie um fiscal para verificar isso porque está ficando inviável trafegar nessas ruas de Ribeirópolis”.

Tobias Barreto

Em seguida, o deputado registrou o convite que recebeu e se fez presente na sessão da Câmara Municipal de Tobias Barreto, onde estiveram presentes vereadores, diversas lideranças políticas e o prefeito da cidade, Dilson de Agripino, como também os vereadores e o prefeito de Poço Verde. “Em seguida, nós participamos de uma manifestação dos moradores na rodovia que liga Tobias a Poço Verde. As pessoas estão indignadas com o estado de conservação, com o descaso, o abandono daquela rodovia”.

As pessoas já não aguentam mais esperar por respostas e decidiram fechar a pista ao longo do dia. Me coloquei a disposição como também esta Casa para ajudar nos pleitos dos moradores. Eles querem uma oportunidade de dialogar com o governador porque o tapa-buraco está sendo feito, mas pela lentidão, pelo ritmo, vamos chegar no próximo São João e eles não chegam em Poço Verde”, completou Georgeo, sugerindo que a Alese promova uma audiência com os interessados para discutir o assunto e tentar chegar a um consenso.

Diná Almeida

Deputada estadual Diná Almeida

A deputada Diná Almeida (PODE), que participava remotamente da sessão, reconheceu os problemas da rodovia, mas defendeu o governo do Estado, explicando que tem acompanhado de perto os problemas e conversado com os técnicos e com o governador, dizendo que a obra está sendo licitada e que, quando a obra for iniciada, com previsão para 2022, todo o asfalto será substituído.

Para amenizar essa buraqueira, eu solicitei ao governo o serviço de tapa-buraco, mas nós não estamos parados, estamos trabalhando, o governador também está fazendo a parte dele e, se necessário, nós vamos pedir sim para o governo conversar, dialogar com esses segmentos. Tenho dado entrevistas e estamos procurando amenizar o sofrimento das pessoas. É preciso lembrar que o governo tem obras em andamento em todo o Estado”, pontuou Diná Almeida.

Adaílton Martins

Deputado estadual Adaílton Martins

Outro parlamentar que saiu em defesa do governo do Estado foi o deputado Adaílton Martins (PSD). “Todo mundo reclamava das rodovias, o governo foi e conseguiu o empréstimo para recuperá-las. As obras estão sendo licitadas, mas algumas delas ficam prejudicadas por conta do inverno, das chuvas. O governo não deu a ordem de serviço em algumas esperando as chuvas amenizarem. Sabemos da precariedade de alguns pontos, mas o governo tem projetos prontos e dará prioridade”.

Em seguida, Adaílton registrou que esteve com o deputado Luciano Bispo (MDB) em uma reunião com empresários paulistas que estão trazendo uma reformuladora de combustíveis para investir milhões em Sergipe, no município da Barra dos Coqueiros. “Estamos falando de mais de 800 empregos e eles vão iniciar agora em agosto as obras. Estão preparando algumas licenças que já estão bem adiantadas e ficamos felizes vendo o nosso Estado sendo escolhido para a implantação dessa empresa”.

Polícia Unida

Georgeo Passos também manifestou o desejo dos representantes do Movimento Polícia Unida que, segundo ele, estão há mais de 280 dias esperando por uma audiência com o governador Belivaldo Chagas. “Eles querem a oportunidade de serem recebidos e dialogar com o governo”.

TV Alese

O deputado também prestou uma homenagem pelos 17 anos da TV Alese, destacando que ela foi criada na gestão de seu pai, o ex-deputado estadual Antônio Passos, sob a coordenação do jornalista Raimundo Luiz. “Inaugurada em 22 de junho de 2004, a TV Alese é uma emissora que leva a informação de verdade para o nosso povo. De parabéns a todos que fazem esse canal”.

CEASA

Georgeo também destacou a audiência do governador com o empresário que venceu a PPP (Parceria Público-Privada) para gerir a Central de Abastecimento de Itabaiana (CEASA), inaugurada recentemente pelo governo. “Vi que os três deputados de Itabaiana (Luciano Bispo, Maria Mendonça e Tallyson de Valmir) participaram dessa reunião, junto com o prefeito. Estive visitando a obra, é grandiosa e com um investimento de quase R$ 40 milhões, é inadmissível que ela ainda não tenha entrado em funcionamento. É importante que as partes conversem e cheguem logo ao diálogo”.

Operação da PF

Georgeo citou a Operação da PF para investigar os gastos dos recursos da covid-19 pela Secretaria de Estado da Saúde com a compra de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). “A PF revela um indício de superfaturamento de mais de R$ 4 milhões e isso merece a atenção do nosso parlamento. Era para ser, inclusive, objeto da nossa CPI, agora se alguém fez algo errado, que seja punido exemplarmente. Já vivemos um momento difícil de pandemia, e é fundamental que se atue com eficiência e legalidade nos gastos públicos”.

O que a gente espera é que, no final das investigações, que o MPF possa apontar os indícios de irregularidade e promova as denúncias necessárias contra só gestores que se utilizaram dos recursos públicos indevidamente. O ex-secretário da Saúde Valberto já emitiu uma nota dizendo que passou pouco tempo na Pasta após o início da pandemia. Que a atual secretária também possa explicar o que realmente aconteceu nessas compras. O povo precisa e merece esses esclarecimentos e que a nossa Alese não fique omissa diante das investigações, que a gente faça a nossa parte e, se possível, que tenhamos acesso aos inquéritos policiais”, completou Georgeo.


Da Alese



26-09-2021
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter