Na Política

Biblia Online

24/04/18 | 16:59h (BSB)

Tribuna Livre debate situação dos servidores públicos

Durante a sessão da manhã desta terça-feira, 24, aconteceu na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) uma Tribuna Livre para debater e discutir sobre a situação e as demandas dos servidores públicos do município. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aracaju (Sepuma), Nivaldo Fernando, ocupou a tribuna para apresentar a real situação dos servidores e destacar a explanação do prefeito Edvaldo Nogueira na abertura dos trabalhos legislativos desta Casa.

O presidente exibiu vídeo do prefeito Edvaldo Nogueira explanando no dia 20 de fevereiro deste ano, na abertura dos trabalhos legislativos. “O que o prefeito disse aqui na abertura dos trabalhos desta casa legislativa, não condiz com o que está acontecendo em Aracaju. Os servidores passam por um momento crítico. Nós do sindicato precisamos utilizar esta tribuna para mostrar a real situação dos servidores. A verdade dos fatos é que os servidores estão passando fome, porque o prefeito Edvaldo Nogueira aplicou uma metodologia que agora o servidor não tem mais as horas extras calculadas em cima do seu vencimento básico. O prefeito deveria ter vergonha dessa situação e eu não poderia deixar de externar essa verdade”, afirmou Nivaldo Fernando.

Outro tema discutido foi o reajuste salarial dos servidores. “Parece que o Prefeito Edvaldo Nogueira quer reviver os problemas de 2016 pela falta de respeito com as categorias. São dois anos sem reajuste. E sabemos que a prefeitura está muito bem, financeiramente, pois com a ajuda de recursos do deputado André Moura, a prefeitura está conseguindo retomar as obras de infraestrutura do município de Aracaju”, disse.

O presidente do Sepuma falou ainda sobre a aprovação da Lei 153/2016, sobre a gratificação por titulação, vale- transporte, Processo Seletivo Simplificado (PSS) para os profissionais de saúde e destacou problemas com relação aos Guardas Municipais. “Em campanha o prefeito disse que ia resolver o reenquadramento pessoal da guarda, que ia atualizar o salário dos servidores e nada fora feito até o momento. O secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Augusto Fábio, chegou a dizer que fundadores da guarda queriam agredí-lo. Isso é uma mentira. É lamentável que Edvaldo ainda defenda esse discurso para não encaminhar o Projeto de Lei para beneficiar os guardas”, frisou.

Parlamentares

Iran Barbosa (PT) destacou que é preciso cada vez mais aprofundar o diálogo com as categorias em defesa dos servidores públicos. “São muitos desrespeitos com os servidores de Aracaju. O executivo municipal comprometeu ano passado 49% da receita corrente líquida do município, menos de 50%, sendo que poderia ser mais que isso. No primeiro bimestre foi 48%. O prefeito Edvaldo Nogueira não vem cumprindo com suas promessas de campanha”.

Emília Corrêa (Patriota) ressaltou que os servidores estão cada vez mais insatisfeitos com o Poder Executivo. “São insatisfações na educação, na saúde e em várias áreas. A insatisfação é geral com a administração de Edvaldo Nogueira. Não estou querendo dizer que a gestão de João Alves foi boa, no fim da sua gestão foi péssima, mas não estou vendo melhoras com a nova gestão. Parabenizo Nivaldo pela defesa dos servidores”.

Elber Batalha (PSB) também registrou que esses problemas tragos pelo presidente do Sepuma são fatos já conhecidos e apresentados por alguns vereadores. “Esse problema já existe e não se cumpre o que está na legislação. Quem se prejudica com isso é o próprio servidor. Assim como na gestão de João Alves teve que ser realizada a operação Caça Fantasma, destaco que a gestão de Edvaldo Nogueira também precisa desta operação para que isso seja devidamente investigado”, pontuou.

“Fico triste com a situação dos servidores de Aracaju. O município tem condições de dar ao servidor aquilo que não é esmola ou privilégio, é apenas o que já é direito deles e estão sendo desrespeitados de forma absurda. Como justificar essa política de desprezo ao servidor público sem reajuste salarial, sem atualização do piso salarial do magistério?”, questionou Lucas Aribé (PSB).

Cabo Amintas (PTB) destacou o trabalho do presidente do Sepuma. “Precisamos esclarecer para o povo essa situação dos servidores. Queremos mais informações sobre a hipótese de cargos fantasmas na prefeitura. Também me solidarizo com os guardas municipais”.

Jason Neto (PDT) parabenizou Nivaldo Fernandez pela sua atuação em defesa dos servidores públicos e frisou que há muitos acertos na atual gestão do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). "Temos a certeza de que hoje a situação é bem melhor, há muito o que fazer, mas o prefeito tem se esforçado, a oposição pinta tudo como negativo, mas sabemos que não é assim, me orgulho em ter votado pela liberação de empréstimos que estão possibilitando a realização de obras em várias comunidades de Aracaju", afirmou Jason.

Kitty Lima (Rede) e Américo de Deus (Rede) também destacou a luta de Nivaldo em defesa dos servidores públicos de Aracaju.


Da Ascom



20-07-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter