Na Política

Biblia Online

28/03/17 | 08:39h (BSB)

Maria pede agilidade na discussão sobre possível venda da Deso

A deputada estadual Maria Mendonça (PP) pediu celeridade no processo de marcação da sessão que tratará sobre os possíveis prejuízos ocasionados com a venda da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), que figura na lista do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), como uma das oito empresas privatizáveis a partir de 2018.


A venda da empresa é uma exigência do Governo Federal como forma de garantir a contrapartida de Sergipe para compensar a ajuda financeira do Governo ao Estado. “O governador Jackson Barreto deve encontrar outras formas de fazer essa compensação. Penso que a venda do patrimônio público não é alternativa correta”, disse Maria, adiantando que diante dessa possibilidade concreta de privatização, pediu à mesa diretora que antecipe a discussão para que as autoridades possam colocar as suas posições a respeito do tema.


No Requerimento, lido no último dia 20 de fevereiro, Maria sugere que o Parlamento convide o promotor de Justiça, Adelino Júnior; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe, Henri Clay Andrade; o presidente do Sindisan, Sérgio Passos e o presidente da Deso, Carlos Melo.

No espaço reservado ao grande expediente da Assembleia Legislativa, os convidados irão expor sobre os possíveis problemas decorrentes da venda da empresa. “Sempre tenho dito que a Deso cumpre um papel social extremamente relevante, coisa que nenhuma empresa privada cumprirá”, disse a deputada, ratificando que quando se trata da venda do patrimônio do povo, sempre se posicionará contra.


Da Ascom



23-08-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter