Na Política

Biblia Online

14/09/16 | 18:14h (BSB)

Valadares Filho em entrevista NaPolítica: “Vamos despartidarizar o primeiro escalão"

Candidato apresenta propostas e insiste que estará no segundo turno

 O candidato Valadares Filho (PSB) participou da série de entrevistas “Eleições 2016 Na Política” com os candidatos a prefeito de Aracaju. Valadares Filho apresentou suas propostas destacando referências de gestão jovem, como Antônio Carlos Magalhães Neto. Valadares Filho também se mostrou confiante que estará no segundo turno. Confira abaixo os principais trechos da entrevista, que contou com questionamentos enviados por internautas, e no vídeo a gravação completa:

 

Paulo César (internauta): Na última eleição houve muitas propostas relacionadas à mobilidade urbana como o BRT e VLT. Nesta eleição, quais as suas propostas para a mobilidade urbana? O portal Na Política complementa: Valadares Filho ainda pensa em VLT, depois de ver que nem o BRT prometido pelo atual prefeito conseguiu ser implantado?

Valadares: O VLT não está em nossas propostas em relação à mobilidade urbana porque a realidade é outra e vivemos um momento econômico muito diferente. Tínhamos em 2012 todas as condições para a implementação do sistema. Neste momento econômico, não serei irresponsável de colocar o VLT como uma proposta até porque eu só tinha garantias em 2012. A nossa proposta é licitar o transporte público, que todos prometeram e não cumpriram.

 

Dandara Prado (internauta): A insegurança tem assustado os aracajuanos e todos os dias somos bombardeados com notícias de assaltos seguidos até de mortes. Quais as suas propostas de prevenção contra a violência?

Valadares: Olha, por mais que seja uma tarefa constitucional do Estado, a prefeitura não pode se omitir em um momento tão grave que vive a nossa cidade. Uma violência nos bairros e até em emissoras de rádio. No nosso governo, vamos assinar um termo de cooperação e teremos uma guarda mais ativa... Nos terminais de ônibus os assaltos são frequentes e nas escolas os pais tem reclamado muito.

 

Filipe Augusto (internauta): O senhor nunca exerceu cargo no Poder Executivo. Isso é uma desvantagem em relação aos demais candidatos?

Valadares: Acho que neste momento é uma grande vantagem. Aqueles que tiveram suas oportunidades mostraram se seriam capazes ou incapazes. Sempre tenho dito que os dois concorrentes já tiveram suas oportunidades e com seus erros e acertos deram as suas contribuições. Essa cidade tem seus problemas e eles têm suas responsabilidades nesses problemas que a nossa cidade vive hoje. Aracaju quer viver um novo momento.

 

Na Política: As prefeituras têm apontado momentos difíceis com a crise econômica e a queda nos repasses. Como o senhor pretende lidar essas dificuldades, que embora existem, não desviam o interesse de muitos para a vaga de prefeito?

Valadares: Com gestão, eficiência e sabendo formar uma grande equipe. Nós vamos governar com os melhores e despartidarizar a composição do primeiro escalão. Os partidos são importantes, mas podem ajudar de outra forma... Nós vamos colocar ordem na casa. Gastar menos com a máquina pública e mais com pessoa.

 

Paulo César Alves (internauta): Candidato, de uns tempos pra cá, notamos um aumento significante de pessoas sem moradia na cidade de Aracaju, muitas vivendo em barracos e outras ao relento. Na região do Centro da cidade, é comum ver aquelas pessoas amontoadas na calçada do Banese Central, um cenário de total abandono por parte do poder público. Eu gostaria de saber do senhor, se há uma proposta para acabar ou pelo menos controlar esse problema crescente. Visto que não basta apenas tirá-las das ruas e abrigá-las em galpões, ou então lhes beneficiar com casas, como aconteceu com o bairro 17 que não tem infraestrutura adequada mas mesmo assim, a gestão anterior se glorifica de ter feito mais um bairro periférico. O problema, candidato, é ainda maior, pois exige um processo de inclusão dessas pessoas na sociedade. Então, gostaria de saber do senhor, se há um projeto visando o benefício dessas pessoas.

Valadares: Nós temos um déficit habitacional de quase 20 mil unidades habitacional. É muito alto. Um desafio muito grande pela frente. Vamos priorizar a faixa etária de zero a três salários mínimos. O que aconteceu em Aracaju foi que distribuíram casas para quem não precisa e construídos conjuntos sem nenhuma infraestrutura.

 

Helena (internauta): Como deputado federal o senhor ajudou a saúde do Município de alguma forma? E qual sua proposta para a curto prazo já dar melhores condições à saúde para população?

Valadares: A saúde é o maior problema que temos em Aracaju. Nosso município vive uma crise substancial nos últimos 10 anos. Nós tivemos dez secretários de saúde. Outra coisa, a partidarização da saúde. Você não coloca quem verdadeiramente entende da saúde. Estamos tendo até falta de medicamento.

 

João Paulo (internauta): Quem financia a sua campanha?

Valadares: O meu partido, inclusive está na transparência as nossas contas. Apesar das dificuldades, tem nos ajudado a manter a campanha.

 

Michele Barbosa de Almeida (internauta): O que o candidato vai fazer para evitar atrasos salariais dos servidores?

Valadares: Acho engraçado quando alguns candidatos dizem ‘no meu governo vou pagar os salários em dia’. Isso é uma obrigação de qualquer gestão. Além de pagar em dia, vamos oferecer melhores condições de trabalho.

 

Daniele Cristina (internauta): Enquanto prefeito como o senhor poderá ajudar para fortalecer a Previdência para que os aposentados não sejam prejudicados?

Valadares: A Previdência é sagrada. Queremos dar total fortalecimento da previdência a partir de janeiro. O servidor precisa ter acesso a previdência. Vamos ter total transparência.

 

Na Política: O senhor justificou sua ausência na votação de cassação do deputado Eduardo Cunha alegando estar em campanha. Mas o voto de Valadares como seria e o senhor tem lidado com a interpretação negativa à sua ausência na votação?

Valadares: Não estava ausente porque estou licenciado. O deputado federal é Bosco Costa. Minha licença tem 120 dias, mesmo que quisesse não poderia votar. Mas falei com Bosco para votar pela cassação. O meu partido votou com unanimidade pela cassação.

 

Na Política: As pesquisas te mostram em certo crescimento. O que acredita que tem contribuído para isso, e se chegar a um segundo aceitaria apoio de quem hoje não está contigo, como João por exemplo. Ou se não for para o segundo turno, o apoiaria?

Valadares: O segundo turno é um fato e nele estaremos. Tenho total segurança não só pelas pesquisas, como pelo dia a dia da campanha tenho certeza que estaremos no segundo turno e de lá sairemos juntos. Em relação a apoios, aqueles que querem somar ao nosso projeto serão bem-vindos. Poderão se somar e seremos vitoriosos juntos.

 

Sobre o candidato

Graduou-se em administração na Universidade Tiradentes em agosto de 2006. Foi eleito deputado federal em 2006, sendo reeleito em 2010. Em 2003, assumiu a presidência do Diretório Municipal do PSB em Aracaju. Valadares Filho foi candidato a prefeito de Aracaju nas eleições de 2012 apoiado pelo ex-prefeito Edvaldo Nogueira mas não obteve sucesso. Seu candidato a vice este ano é o deputado estadual pastor Antonio dos Santos (PSC).

 

Do Portal Na Política

Por Raissa Cruz e Adriana Freitas

Imagens: Jeferson Souza

 



24-07-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter