Na Política

Biblia Online

07/06/24 | 06:58h (BSB)

Primeira noite do ‘Elas no Comando’ celebra o protagonismo feminino no Arraiá do Povo

Ampliar Foto

Diego Souza

O Palco Rogério foi, pela primeira vez, inteiramente protagonizado por mulheres no Arraiá do Povo 2024, nesta quinta-feira, 6. O ‘Elas no Comando’, iniciativa do Governo do Estado, será realizada todas as quintas com apenas vozes femininas na programação.

Não apenas as artistas que subiram ao palco eram mulheres, como também as locutoras do evento. Tainah Félix e Edijena Carvalho anunciaram as três atrações da noite: Tatah Santana, Mari Fernandes e Solange. Para as locutoras, o momento simboliza o reconhecimento da força das mulheres.“O coração aqui está como uma zabumba de verdade, e representar a nossa nação nordestina, forrozeira, sergipana, é sensacional. A iniciativa do Governo já vem sendo demonstrada em outras partes. Não apenas no Arraiá do Povo, mas em demais eventos, eles estão dando essa oportunidade porque as mulheres estão capacitadas para ocupar esse espaço também. É um momento de muito orgulho por representar não só a mim, mas todas as mulheres”, disse Tainah. “É muita emoção porque é a minha primeira vez no Arraiá do Povo e ter duas mulheres fazendo a locução, comandando. É uma honra, um orgulho muito grande”, complementou Edijena.

O primeiro nome anunciado foi a sergipana Tatah Santana, que abriu a noite com um repertório que contemplou interpretações de hits já conhecidos na boca do povo, como também de seus mais recentes lançamentos. Para ela, abrir o ‘Elas no Comando’ foi motivo de orgulho. “Feliz demais em fazer parte desse projeto, que é a quinta-feira delas, e a gente começa com o pé direito, com essa grande programação. Canto de tudo, tem TikTok, tem Forró, tem tudo que a galera gosta, então hoje ninguém vai ficar parado”, declarou a sergipana.

Na sequência, a cearense Mari Fernandes, de apenas 23 anos, subiu ao palco e cantou seus grandes sucessos como a música ‘Eu Gosto Assim’ e ‘Parada Louca’. Além disso, a jovem foi para o povo e cantou músicas no meio da multidão. Em sua primeira vez no Arraiá do Povo, ela destacou a relevância de ter apenas atrações femininas no Palco Rogério. “Eu estou muito feliz por estar aqui. Eu amo o estado de Sergipe. Fiquei feliz quando vi que a grade era uma grande feminina. Tatah Santana talentosíssima. Solange Almeida é uma grande amiga, minha madrinha”, revelou.

A primeira noite do ‘Elas no Comando’ foi encerrada com Solange. “É o primeiro ano em que coloca todas as quintas-feiras apenas mulheres. Eu fiquei muito feliz de estar aqui hoje, fazendo parte da primeira quinta-feira, com essas grandes mulheres”, iniciou a cantora.

A artista fez seu show com o vestido de renda irlandesa, tema do Palco Rogério deste ano, Patrimônio Cultural do Brasil e Patrimônio Imaterial de Sergipe. “A roupa foi feita pela estilista Ana Carolina Cagé, que desenhou e fez o vestido tudo em harmonia com o palco, com o tema do palco, que é a renda irlandesa, artesanato brasileiro exclusivo do estado, que eu achei de grande valia prestigiar”, ressaltou Solange.

Forrozeiras elogiam

O público feminino compareceu em peso para prestigiar as vozes femininas que se apresentaram no Palco Rogério. A cuidadora infantil Edilene Santos considera muito importante a iniciativa de trazer vozes femininas para o protagonismo do evento junino.“É muito importante ter um dia da gente. Ter um dia de lazer pra gente também se reunir, se divertir. É uma representatividade muito grande”, declarou Edilene.

Para a estudante Ananda Prado, perceber a inclusão das mulheres no mercado do entretenimento através da iniciativa do ‘Elas no Comando’ é motivo para felicidade.“Eu acho que eu vou me divertir muito e eu estou muito feliz, na verdade, que finalmente, depois de bastante tempo da luta das mulheres, a gente conseguiu ter uma pontinha no entretenimento, principalmente na visibilidade daqui do São João de Sergipe, que a gente sabe que vem cada vez mais aumentando. Mesmo que seja no entretenimento, eu me sinto representada, já que é um dia só de mulher”, relatou a estudante.

De acordo com a assistente social Thais do Carmo, ver mulheres no palco é motivo de satisfação, e também perceber o destaque para a proteção às mulheres que o evento tem tido. “É a primeira vez que eu vim aqui. Trouxe minha irmã, considero importante que tenham mais iniciativas nesse sentido. Tanto as pessoas que estão no palco quanto as que estão atrás. Quando a gente já chegou, já tinha recomendações sobre condutas de comportamento dentro do próprio arraial com relação às mulheres”, afirmou.

País do forró

Durante 60 dias, o clima junino tomará conta do estado, fortalecendo o turismo, a cultura popular e aquecendo a economia em vários setores envolvidos na realização dos eventos. A programação do Arraiá do Povo e Vila do Forró é uma realização do Governo de Sergipe, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), Secretaria Especial da Comunicação (Secom), Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e Banese, com apoio da Energisa, Netiz e Shopping Jardins, e patrocínio da Eneva, Pisolar, Deso, Maratá, GBarbosa e Serviço Social do Comércio (Sesc).

Do Governo de Sergipe

 



19-07-2024
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter