Na Política

Biblia Online

20/09/23 | 07:01h (BSB)

Vereador Pastor Diego faz explicação pessoal e reafirma seu posicionamento pró-vida

O vereador Pastor Diego (PP) tem se destacado como um defensor incansável da vida e um opositor ferrenho da descriminalização do aborto. Tal postura causou incômodo em políticos do Psol que defendem justamente o contrário do que prega o parlamentar conservador. Diante da situação, Diego ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta terça-feira, 19, para prestar explicação pessoal e se defender da retaliação que sofreu com os opositores.

Semana passada, ele fez duras críticas à possibilidade de o Supremo Tribunal Federal (STF) liberar a interrupção da gravidez em até 12 semanas de gestação e foi chamado de ‘machista’ - entre outros termos depreciativos – pelos psolistas. “Fui muito bem criado e criado por uma grande mulher, então, sou muito grato a Deus pela minha mãe. Vivo em uma casa cercada por mulheres, tenho duas filhas e, em casa, sou dominado pelas mulheres. Sei cuidar delas, honrar e tratá-las com o devido respeito. O que puder fazer por elas, eu faço”, declarou.

O vereador enfatiza que o debate não se trata apenas de uma questão política, mas sim de valores fundamentais que dizem respeito à vida e à dignidade humana. “Tantas mulheres infelizmente foram obrigadas a fazer um aborto ou perderam a vida em resultado da interrupção forçada da gravidez. O que falo não é desconsiderando nem desvalorizando nenhuma dessas mulheres. Entretanto, não é diante de um problema social ou mazela que nós podemos concordar com o ‘liberou geral’. Que é o que está acontecendo”, enfatizou.

Diego reforça que é contra a ação do Psol, que está em tramitação no STF e prevê a legalização do aborto no Brasil. “Há outras alternativas para contornar os desafios de enfrentar uma gravidez indesejada. Prevenção, auxílio social e adoção estão entre as principais possibilidades. Com 12 semanas já dá para saber o sexo do bebê, o coração já bate. Portanto, há vida e a vida deve ser respeitada”, opinou.

E ainda questiona: “O que não podemos é achar que tirar a vida de uma criança ainda no ventre não seja encarado como crime. Nossa Constituição tem como direito principal a vida, então, só é vida depois que nasce?”, observou.

Audiência Pública

Em um momento em que a sociedade busca soluções para questões éticas e morais, o vereador Pastor Diego se posiciona como um representante disposto a contribuir com o diálogo e a construção de políticas públicas que respeitem a vida e os princípios fundamentais da sociedade. “Amanhã às 14, iremos realizar uma Audiência Pública com o tema ‘Em defesa da vida e contra a descriminalização do aborto’ e convido a todos para compreender mais a fundo o nosso posicionamento”, anunciou.

Da Ascom



29-02-2024
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter