Na Política

Biblia Online

24/05/23 | 20:58h (BSB)

Linda Brasil pede mais rigor nos editais da Saúde

A deputada Linda Brasil (PSOL), usou a Tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) nesta quarta-feira (24) para pedir mais rigor nas fiscalizações durante a abertura de editais realizados pelos IpesSaúde e também Secretaria de Estado da Saúde (SES).

“Ontem, terça-feira, o Portal NE Notícias publicou que o Ipesaúde abriu o credenciamento da empresa Núcleo Saúde: Cooperativa de Trabalho em Saúde e Qualidade. O que podia ser mais um ato administrativo ganha ares suspeitos quando a gente observa que o presidente do Núcleo Saúde é superintendente do  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Samu192/Sergipe”, falou a parlamentar Linda Brasil.

A deputada Linda Brasil clamou às autoridades o respeito pelos princípios da administração pública e exigiu a investigação das denúncias.

“Em abril, recebemos denúncias que esta entidade estaria sendo beneficiada nos sucessivos editais de contratação para o SAMU. Solicitamos de ofício que a SES enviasse os últimos editais para investigarmos esse alegado favorecimento e seguimos aguardando resposta. Em casos como esse, o princípio da impessoalidade, da moralidade, e o princípio do interesse público da administração pública caem por terra. A estrutura de Estado não pode servir para beneficiar os amigos do governador, nem os gestores dos órgãos”, enfatizou.

Ao final do pronunciamento da deputada Linda Brasil, o presidente da Alese Jeferson Andrade (PSD)salientou que uma nova data será marcada para que o diretor-presidente do Ipesaúde compareça à Casa Legislativa para a prestar esclarecimentos.

Seminário sobre o Ensino Médio

Outro ponto destacado pela parlamentar foi a sua participação no seminário sobre a “Proposta do Novo Ensino Médio”. O encontro aconteceu no Centro de Excelência Prof. José Carlos de Souza, em Aracaju, e contou com a participação de estudantes da escola e pessoas convidadas.

“Um debate muito rico que refletiu sobre a necessidade de construção de um projeto de educação emancipadora que, infelizmente, não faz parte dessa proposta de Novo Ensino Médio. A reforma proposta foi aprovado por Medida Provisória na gestão Michel Temer e implementada pelo último Governo Federal, e de forma arbitrária, desconsiderou a contribuição científica de diversos pesquisadores e pesquisadoras que constroem a educação brasileira, e ampliou a lógica empresarial no sistema público de ensino”, destacou a deputada.

O evento contou com especialistas e pesquisadores como Daniel Cara, da Universidade de São Paulo (USP). “ Na oportunidade, eles  explicaram a proposta que o Novo Ensino Médio sofre com a interferência do setor privado na educação pública”, finalizou a deputada Linda Brasil.

Da Alese



20-05-2024
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter