Na Política

Biblia Online

24/05/23 | 20:44h (BSB)

Prêmio Setransp de Jornalismo traz homenagens in memoriam e debate sobre comunicação e mobilidade

Os vencedores do Prêmio Setransp de Jornalismo Ano XI foram premiados na última quarta-feira, 17, na Orla da Atalaia. Após a última edição online há dois anos devido a pandemia, o evento volta a acontecer presencialmente e mais uma vez recebe uma grande plateia de jornalistas, chefes de redações, empresários do setor de transporte, autoridades públicas, entre outros, atentos para saber quem seriam os finalistas dos 78 trabalhos inscritos do prêmio que retratou nesta edição a temática: “As alternativas e necessidades para o desenvolvimento da mobilidade urbana da cidade”.

Com objetivo de homenagear e reconhecer o talento dos profissionais da imprensa sergipana, estimular o debate e a reflexão sobre temas que envolvem o transporte público coletivo, o prêmio contou com uma abertura diferenciada, um bate-papo entre jornalistas de diversos estados sobre “Como a imprensa pode contribuir para com uma melhor mobilidade urbana”. Participaram os jornalistas Cau Rodrigues, do G1 Alagoas; Márcio Moreira do MTU e da Record Mato Grosso; Ulisses Bigaton, da NTU Brasília; Célia Silva, freelance de Aracaju; e Raissa Cruz, do Setransp.

Como em todas edições, o Setransp também fez homenagem às personalidade públicas que contribuiram com o desenvolvimento do transporte público, e este ano foram homenageados in memoriam os profissionais da imprensa sergipana que partiram precocemente devido o vírus da Covid-19: o cinegrafista Dedé Simões, o editor de imagens Marcos Bugalu, o escritor e jornalista lagartense Euclides Oliveira, o escritor e jornalista Jácome e Góis e o jornalista Fladson Amazonas, mais conhecido como Rambinho. Foi exibido um vídeo de homenagem muito emocionante com depoimentos de parentes e amigos, e entregues placas de referência às famílias dos homenageados representados na oportunidade.

“Tivemos a alegria de realizar mais uma edição do Prêmio Setransp de Jornalismo e junto com o Seminário de Mobilidade Urbana, mesmo com todos os desafios, mas sempre momentos únicos com a participação intensa da imprensa, que ajuda a movimentar o debate sobre as necessidades do transporte público e as alternativas para melhorias na mobilidade urbana. Então para nós é uma satisfação homenagearmos aqueles que com um trabalho dedicado fazem reportagens que elevam o debate sobre o transporte, trazendo críticas e soluções, e, assim, certamente contribuem para com a mobilidade urbana. Parabéns a todos os colegas que concorreram!”, disse a presidente do Setransp, Raissa Cruz.

A importância do Prêmio Setransp de Jornalismo atravessa Sergipe e tem levado as temáticas para diversas localidades, por isso, o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros dos Estados de Alagoas e Sergipe (Fetralse), Alberto Almeida, ressaltou: “A partir de muitas matérias sergipanas discutimos realidades do transporte comparando com outras capitais, isso é muito positivo para Aracaju. O Transporte Público Coletivo é um serviço essencial que movimenta diversos setores da economia, então é urgente o debate mais aprofundado sobre o transporte, e é o que vemos que a imprensa local tem feito. Parabéns a todos pelo empenho mesmo em um ano desafiador”, parabenizou o presidente da Fetralse, Alberto Almeida. 

O Prêmio Setransp de Jornalismo é uma realização do Sindicato das empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), em parceria com o Sindicato dos Jornalistas de Sergipe (Sindijor-SE) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Além de contar com parceiros como a Fetralse e a Aracajucard (Mais Aracaju). 

Nesta edição, o prêmio mais uma vez registrou inscrições para as sete categorias: Texto Reportagem, Vídeo Reportagem, Áudio Reportagem, Reportagem Laboratório, Melhores Fotos, Melhores Imagens e Reportagem Especial. Todos os 21 premiados (de 78 trabalhos) receberam quantias em dinheiro e troféus feitos pelo artista sergipano Miau. E após a entrega das premiações, os vencedores brindaram a conquista alcançada em um coquetel ao som do cantor Torugo que animou ainda mais a celebração.

Confira a lista dos vencedores do Prêmio Setransp de Jornalismo – Ano XI, todos premiados com quantias em dinheiro e com troféus feitos pelo artista sergipano Miau: 

Reportagem Laboratório – Mídias acadêmicas ou oficiais (estudantes de jornalismo)

1º lugar: 

Da tarifa zero à compensação tarifária: os desafios para subsidiar o transporte coletivo de passageiros – Wesley Gonçalves dos Santos Júnior

2º lugar: 

O impacto do aumento dos combustíveis na mobilidade urbana – Fernanda Santiago do Carmo Souza

3º lugar: 

Acessibilidade no transporte público para pessoas com obesidade e a problemática dos assentos exclusivos – Luana Maria Santos Souza

Melhores fotos – Mídia impressa ou online

1º lugar: 

Tarifa do transporte público R$4,50, esse preço é justo? – Egicyane Lisboa Farias Santos

2º lugar: 

Mobilidade: funcionário e usuário, a rotina dupla de quem cuida da segurança do transporte público – Leonardo Barreto 

3º lugar: 

Sem a respiração ofegante da máscara, o usuário do transporte público sente as melhorias da oferta do serviço no pós-pandemia – Izabella Oliveira da Conceição

Melhores imagens – Mídia televisiva ou online (repórter cinematográfico)

1º Lugar: 

Licitação pode ser saída para desafogar o transporte público – Augusto Baiano 

2º Lugar: 

Tecnologia ajuda a diminuir poluentes emitidos pelos veículos – Marcos Ricarte 

3º Lugar: 

Hábitos de autocuidado na pandemia: Usuários do Transporte coletivo de Aracaju mantém máscara e álcool como costume – Jeová Silva 

Áudio Reportagem – Mídia radiofônica

1º lugar: 

Transporte público sustentável em defesa do meio ambiente – Magna Santana 

2º lugar: 

O transporte público e fontes alternativas de receitas extra tarifárias – Juliana Almeida

3º Lugar: 

Problemas e soluções do transporte público no Brasil – Anderson Machado

Texto Reportagem – Mídia impressa ou online

1º lugar: 

Mobilidade: o desafio entre o custeio e a segurança do transporte público em Sergipe – Leonardo Barreto

2º lugar: 

O coletivo pede passagem: Como a disputa entre veículos particulares e transporte público freia a mobilidade em Aracaju – Ana Luísa Santos de Andrade

3º lugar: 

Pós-pandemia: transporte público coletivo tenta recuperar demanda perdida ao mesmo tempo em que busca alternativas de sobrevivência – Juliana Melo de Santana

Vídeo Reportagem – Mídia televisiva ou online

1º lugar:

Licitação pode ser saída para desafogar o sistema do transporte público – Fredson Navarro e Selma Souza

2º lugar:

Sergipe registra mais de 100 casos de importunação sexual e campanha em ônibus ajuda vítimas – Lays Millena Santos

3º lugar: 

O exemplo de medellín e bogotá na colômbia para cidades sergipanas – Rafael Reis de Carvalho

Reportagem Especial – Todas as mídias, exceto Melhores Fotos e Melhores Imagens

1º lugar: 

Licitação pode ser saída para desafogar o sistema do transporte público – Fredson Navarro Silva de Deus e Selma Souza 

2º lugar: 

O exemplo de medellín e bogotá na colômbia para sergipe – Rafael Reis de Carvalho

3º lugar: 

O coletivo pede passagem: Como a disputa entre veículos particulares e transporte público freia a mobilidade em Aracaju – Ana Luísa Santos de Andrade


Da Ascom

 



22-06-2024
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter