Na Política

Biblia Online

04/11/15 | 13:57h (BSB)

Governador diz que perspectiva é de se manter parcelamento dos salários, mas com valor maior

O governador em exercício Belivaldo Chagas (PSB) falou sobre a possibilidade de novos parcelamentos no pagamento de salários dos servidores. “A perspectiva é de se manter o parcelamento. É possível que não seja novamente parcelas de R$ 1 mil, mas que vá aos R$ 2 mil, R$ 2,5 mil. Isso se a arrecadação do FPE (Fundo de Participação dos Estados) crescer. Mas ainda que a gente receba o mesmo valor, vamos parcelar, mas em uma parcela com um valor maior”, apostou ele, em entrevista a Gilmar Carvalho para o Cidade Alerta.

 

Belivaldo considerou que o Estado só saíra dessa “penúria” financeira quando a economia do país melhorar. “A União como vem andando vem trazendo um grande prejuízo aos Estados e Municípios”, disse, que também comentou sobre a proibição da Justiça para o uso dos depósitos judiciais por parte de Estado. “Primeiro fez com que a gente tivesse que recuar. Pensamos que poderíamos usar em torno de R$ 500 milhões, mas agora apenas R$ 300 milhões, dos quais R$ 147 milhões estavam no Banese e já foram utilizados. O restante está no Banco do Brasil e um dos diretores concordou que os recursos fossem substituídos do BB para o Banese...”, comentou ele, sobre a transferência que resultou numa liminar que impediu o Estado de se utilizar desses recursos. “Sem a utilização desses recursos estamos com dificuldade para pagar a folha nos próximos meses. Mas vamos ver o que vai acontecer já que normalmente os meses de novembro e dezembro é um período bom de arrecadação”.


Na Política



21-05-2022
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter