Na Política

Biblia Online

18/09/14 | 16:38h (BSB)

Conheça as propostas dos candidatos ao Governo para educação

A educação é dos principais temas defendidos pelos candidatos ao Governo de Sergipe. Conheça abaixo algumas propostas dos candidatos Airton da CGTB (PPL), Betinho (PTN), Eduardo Amorim (PSC), Jackson Barreto (PMDB) e da professora Sônia Meire (PSOL).

Airton da CGTB


O candidato Airton da CGTB defende a valorização dos professores com um plano de carreira e salários justos. O candidato também propõe construções de escolas técnicas voltadas para o setor de energia. Além da reforma das unidades de ensino fundamental com criação de creches modernas e eficientes.


Betinho


Para o candidato do PTN, Betinho, os dois principais desafios prioritários para a educação estão na qualificação e remuneração dos professores que atuam nas escolas de educação básica e na qualificação no quadro funcional atuante na gestão do Estado. Segundo Betinho, é necessário a introdução de um novo conceito educacional que passe por uma nova realidade na condução da gestão do conhecimento. Vamos viabilizar uma nova era para o universo cultural de Sergipe, potencializando a expressão cultural em todos os níveis e suas formas, através de incentivos e do fomento criativo.


Eduardo Amorim

O candidato Eduardo Amorim afirma que é necessário investir nos professores para que eles atuem com metas em sala de aula e defende escolas em tempo integral. Quanto ao ensino médio, Eduardo enfatiza que é preciso promover a oferta de vagas por turnos de acordo com a necessidade dos alunos, com prioridade para o aumento das vagas diurnas. Além de reorganizar as redes escolares em função de critérios de eficiência pedagógica e organizacional, e da necessidade de instalações físicas próprias para a educação de jovens e de jovens adultos.

Jackson Barreto


O candidato Jackson Barreto defende as suas propostas para a educação em um conjunto de metas divididas em quatro eixos: gestão financeira e de pessoas,  gestão pedagógica, gestão de estrutura e gestão tecnológica. Na gestão financeira, uma das propostas é instalar e aparelhar, em sede própria, até 2018, o Centro de Qualificação Profissional para execução da política de formação continuada da Rede Estadual de Ensino. Na gestão pedagógica, uma das propostas é contratar até 2018, por meio de concurso público, tradutor e interprete de LIBRAS  isando o atendimento de 100% das unidades de ensino com matricula de alunos surdos ou com deficiência auditiva. Na gestão de estrutura, criar, até 2018, o Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica de Sergipe. Na gestão tecnológica, instalar, até o final da gestão, rede de internet banda larga em 100% das unidades escolares da rede.

Sônia Meire

A professora Sônia Meire defende que  a educação pública é prioridade. Segundo a candidata, é necessário mais investimentos públicos, valorização dos educadores e profissionais da educação, combate à privatização e terceirização, tanto da política pedagógica, como o caso dos programas Alfa e Beto, como das funções, a exemplo de vigilantes, merendeiras, etc. A candidata ainda afirma que o piso dos professores é lei e deve ser implementado sem desestruturação da carreira dos professores conquistada historicamente. A candidata também defende a criação de uma universidade pública estadual e estabelecer um processo de expansão da rede federal (IFS e UFS) de forma qualificada.


Da redação Napolítica.com



22-04-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

SSP

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter