Na Política

Biblia Online

21/08/14 | 11:34h (BSB)

Betinho: “O Estado de Sergipe precisa de gestor"

Candidato afirma que FHS é um modelo gestão que não deu certo

Por Adriana Freitas

A segundo entrevistado da série de entrevistas do portal Na Política foi o candidato ao Governo, Alberto dos Santos (PTN), o Betinho. O Alberto dos Santos já foi vice-prefeito do município de São Cristovão, vereador duas vezes e presidente da Câmara Municipal. Durante entrevista, Betinho destacou que Sergipe precisa de mudanças e gestão. O candidato ainda teceu críticas a atuação da atual gestão na área da saúde e segurança pública.

Assista aqui a gravação da entrevista completa 


“O estado de Sergipe precisa de gestor, alguém que não faça política e que realmente irá administrar. Sergipe está precisando de força de vontade, garra e quem separe a administração da política. Na nossa gestão, vamos justamente esse diferencial. Procurar oferecer em cada área aquilo que o estado está precisando, mão de ferro, de pulso, de comando”, pontuou ele, durante a entrevista à jornalista Raissa Cruz.


Na área da saúde, o candidato destacou que é preciso oferecer melhores condições de trabalho aos médicos e todos que fazem parte da saúde, manutenção dos equipamentos das unidades de saúde para oferecer estrutura para os profissionais trabalharem e melhores condições salariais. Em relação à Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Alberto dos Santos afirma que é um modelo de gestão que não está funcionando.


“Quando a gente diz acabar com a Fundação, nós estamos dizendo em outras palavras que é um modelo de gestão que não deu certo e está provado porque basta olhar a falta de leitos, equipamentos e de funcionários e a condição de salário melhor para que as pessoas desempenhem bem esse trabalho. O que precisa é oferecer condição e na nossa gestão vamos fazer mudança na principal área que é a saúde”, ressalta Betinho.


Ainda segundo Alberto dos Santos, a meta é aumentar o número de atendentes para melhorar o atendimento da população. “Vamos aumentar o número de atendentes e fazer por onde que a comunidade também seja atendida, através da internet de modo diferenciado. Precisamos aumentar a demanda dos profissionais em cada área da saúde”.


Segurança Pública


Já na área de segurança pública, o candidato ao Governo prometeu aumentar o número de policiais nas ruas e de policiais civis, e oferecer melhores condições de trabalho para a Polícia Militar e Civil  das prefeituras. “Em são Cristovão, por exemplo, a Polícia Militar e Civil dependem da prefeitura de São Cristovão no que diz respeito à alimentação e combustível para o deslocamento das viaturas. Isso não pode acontecer. Na nossa gestão, eles terão independência para não depender de favor político. Além disso, vamos oferecer melhores condições de trabalho”.


Educação


Em relação ao setor da educação, o candidato ao Governo afirma que a meta é oferecer melhores condições salariais e de trabalho aos professores. “O estado na educação depende diretamente do Governo Federal, então precisamos saber a per capita por cada aluno para junto com a per capita estadual a agente oferecer uma condição melhor par ao aluno estadual, para isso precisamos de boas escolas, bons professores e segurança nas escolas. Para isso, precisamos conhecer o que vamos encontrar e saber qual é a condição real do estado”.

 

Leia mais:

*1ºentrevistado: Airton: “Não podemos ser um estado tão rico com um povo tão pobre"


Da redação Napolítica.com

 



22-04-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

SSP

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter