Na Política

Biblia Online

26/03/15 | 08:37h

Com o objetivo de divulgar informações e combater o preconceito contra as pessoas que convivem com a epilepsia, associações de pacientes trouxeram para o Brasil a campanha mundial Purple Day, o Dia Lilás. O dia D da causa é hoje (26), mas a semana toda está sendo marcada por ações que chamam a atenção para a epilepsia.


A estimativa da Assistência à Saúde de Pacientes com Epilepsia (Aspe) é que essa condição neurológica atinge cerca de 3 milhões de pessoas no Brasil. A presença, em alguns casos, de crises convulsivas em que o paciente perde a consciência, cai e se debate ainda torna a condição alvo de estigma na sociedade. O que grande parte da população não sabe é que em 80% dos casos a pessoa com epilepsia pode ter uma vida normal, se tratada adequadamente.


A campanha, de origem canadense, está colorindo de roxo a iluminação de prédios importantes, como o Congresso Nacional, a Universidade de Campinas, a sede da Federação da Indústrias do Estado de São Paulo, entre outros. Segundo o embaixador da campanha no Brasil, Eduardo Caminada, a mobilização é uma forma de chamar a atenção para a causa e informar a população sobre a epilepsia.


“É um trabalho de formiguinha contra o preconceito. Com informação, as pessoas vão entender o que é a epilepsia, o preconceito só existe por falta de informação”, disse Caminada.


Pelo menos 20 cidades estão sediando eventos relacionados à campanha. A Câmara Municipal de São Paulo vai promover uma mesa de debate sobre o tema na manhã de hoje. Amanhã (27) e depois, a capital de Rondônia, Porto Velho, sediará o 13º Encontro da Federação Nacional de Epilepsia.

No dia 28, três capitais vão ter caminhadas pelo Purple Day. Em Brasília, o movimento vai ocorrer, a partir das 9h, na área próxima à Nicolândia, no Parque da Cidade. Em São Paulo, a caminhada vai ser no Parque do Ibirapuera, às 10h. No Rio de Janeiro, a ação partirá da Estação Cardeal Arcoverde e também começará às 10h.


Da Agência Brasil

18/03/15 | 10:31h

A hipertensão é uma doença traiçoeira que provoca vários sintomas em fases muito avançadas atingindo crianças, adultos e idosos. Preocupados com o grande número de hipertensos, pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) estão realizando uma pesquisa com compostos de plantas medicinais aromáticas para encontrar alternativas terapêuticas no tratamento das doenças cardiovasculares.

O estudo conta com a participação do coordenador da pesquisa, professor Márcio Roberto Viana dos Santos, e a colaboração de mais dez pesquisadores, alunos de graduação, mestrado e doutorado. O projeto foi aprovado no edital do Programa de Apoio a Núcleos Emergentes de Pesquisas (Pronem) e está sendo financiado pelo Governo do Estado, através da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica (Fapitec/SE), em parceria com Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com o pesquisador Márcio Roberto Viana, a pesquisa estuda compostos de plantas naturais que contêm óleos essenciais como capim-santo, capim-citronela, lippia gracilis, manjericão, dentre outros óleos essenciais formados por monoterpeno (composto isolado da planta medicinal).

“Nós pretendemos desenvolver um produto biotecnológico desse monoterpeno com uma substância associada ao beta-pineno (substância isolada de plantas medicinais) essas substâncias utilizadas no composto ativo será para amplificar os efeitos melhorar a solubilidade para formar um complexo e testá-lo no efeito anti-hipertensivo.”, explica.

Produto

Segundo o pesquisador Márcio Roberto, a ideia da pesquisa é encontrar alternativas terapêuticas através de um medicamento a base de plantas medicinais. “Nós já registramos o produto que é o beta-pineno e a betaciclodextrina. Eles já estão registrados e em fase de testes finais, dependendo dos testes esse produto pode ser negociado com alguma indústria farmacêutica para fabricação do medicamento”, acredita.

Márcio Roberto explica ainda que o produto está sendo testado em ratos e já foram realizados vários testes com resultados positivos. “Antes de entrar para fins comerciais o produto deve ser testado também em humanos que é o chamado estudo clínico”, explica.

Dados da doença

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2014, foram cadastrados no DATASUS/MS 8.402.992 hipertensos. Já em Sergipe, foi cadastrado no mesmo período 117.009 pessoas. De acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), calculada com base na população adulta, em 2014 aproximadamente foram 21.000.000 casos de hipertensão no Brasil, sendo que em Sergipe foram aproximadamente 300.00 pessoas.

Da Ascom Fapitec

09/03/15 | 23:11h

Ampliar Foto
Equilíbrio no prato é sinônimo de vida saudável Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

      Acabaram as desculpas. O Natal, Ano Novo e Carnaval passaram, e agora é hora de colocar em prática as promessas, inclusive, a de começar a dieta na segunda-feira. De acordo com a nutricionista Lacy Lima, quem se alimenta de forma saudável, passa a ter benefícios no sono,  humor, disposição, auto estima e concentração, além de receber auxílio no tratamento e prevenção de várias doenças como obesidade, câncer, anemia, dislipidemia, hipertensão e diabetes. Convenhamos que estes são argumentos mais que suficientes para convencer qualquer um de que uma boa alimentação é garantia de qualidade de vida.

 

 Foto: Divulgação

 

        Para quem está acostumado a "enfiar o pé na jaca" não é fácil mudar os hábitos, mas a nutricionista afirma que existe uma tática para dar início a dieta. “Para começar é necessário retirar os excessos de alimentos prejudiciais à saúde, como: refrigerantes, doces, sorvetes, frituras, embutidos (presuntos, salames, salsicha, calabresa), além de ser muito importante, beber bastante água, mastigar os alimentos, fracionar as refeições, acrescentar frutas, verduras e legumes durante todo o dia, como também, evitar temperos prontos e dar preferência às ervas aromáticas”, orienta.

 

      A velha frase de que pratos coloridos são saudáveis não é mito. Lacy orienta que sejam realizadas 5 a 6 refeições ao dia com nutrientes essenciais ao corpo à base de vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas e lipídios, tudo isso de forma saborosa, colorida e equilibrada. “Os pratos coloridos são um passaporte para uma alimentação balanceada. É importante tentar variar ao máximo os vegetais, frutas, cereais, grãos, proteínas, gorduras e carboidratos, pois cada um destes possuem papel fundamental no organismo”, explica.

     

     Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a dieta deve compor de 50 a 60% de carboidratos, que são a principal fonte de energia do organismo, importante ativador metabólico, necessário para o bom funcionamento do sistema nervoso central e responsável pela função estrutural na membrana das células. “Torna-se importante para a população ativa por ser a chave para o máximo de energia, velocidade, resistência, concentração, recuperação e melhor equilíbrio hídrico”, revela Lacy.

Lacy Lima garante bons resultados com disciplina

(Foto: Arquivo Pessoal)

 

      Quando se trata dos lipídios, Lacy Lima diz que estes são indispensáveis para o nosso organismo e que a sua recomendação diária são de 20 a 30%, de acordo com a OMS. “O colesterol, uma gordura fornecida pela alimentação e produzida pelo fígado, ajudam na absorção das vitaminas lipossolúveis ( A, D, E e K), reveste a membrana das células, serve como matéria-prima para síntese de hormônios esteróides e sais biliares”, diz.

 

     Foto: Divulgação

 

      Para a nutricionista, as proteínas devem compor de 15 a 20% da alimentação e têm papel fundamental na dieta, formada por aminoácidos estes são responsáveis pela reparação e síntese dos tecidos, agindo em favor da imunidade na produção de anticorpos, enzimas, hormônios, Além de atuar no transporte de vários nutrientes pelos organismo.

 

    Os cuidados na dieta não se resumem só à escolha dos alimentos, pois existem detalhes importantes que contribuem para um corpo mais saudável. “Tomar líquido durante a refeição não é interessante, pois este hábito faz com que o estômago dilate e mande informação ao cérebro de que existem espaços vazios a serem preenchidos, levando o paciente a comer mais do que seria necessário. Além de que o excesso de líquidos dilui o suco gástrico, fazendo com que retarde o processo de digestão, inibindo a absorção de alguns nutrientes por diminuir a ação das enzimas digestivas, podendo ocasionar indigestão, gases e flatulências”, afirma Lacy Lima.

 

 

       Mastigar os alimentos e comer devagar foram outros pontos enfatizados pela nutricionista. Segundo ela, ambos auxiliam no controle do peso e melhoram a absorção de todos os nutrientes, estimulam a produção de hormônios de controle de saciedade, assim como reduz a produção de hormônios que aumentam a fome. Portanto, a mastigação adequada facilita o trabalho do sistema digestório, evitando a distensão abdominal e a sensação de estar empanzinado.

 

22/07/14 | 21:21h

Ampliar Foto
Gordurinhas congeladas Divulgação

Divulgação

Na lista de tratamentos estéticos, existe um procedimento que está em evidência por causa de sua forma eficaz em destruir gorduras localizadas sem cirurgias, a criolipólise. O método inovador que “congela” os extras tem ganhado adeptas e deixado muita gente contente com o resultado.

 

Segundo a fisioterapeuta dermatofuncional, Taciane Andrade, a criolipólise é um tratamento diferenciado que utiliza baixas temperaturas – de -5° até -8°- com consequente resfriamento intenso e controlado, que faz com que as células de gordura se fragmentem e sejam fagocitadas ou absorvidas pelo organismo no período de 3 meses, sem corte, furo ou anestesia, e sem causar qualquer dano aos nervos, músculos e outras estruturas próximas.

Taciane Andrade afirma que o procedimento são para gorduras localizadas

(Foto: Arquivo pessoal)

 

O método pode ser realizado em diversas partes do corpo e sem dor através de um aparelho que faz a sucção da gordura. “A criolipólise pode ser feita em partes do corpo que se acoplem bem aos aplicadores como: abdômen, flancos, costas, braços e culotes e abaixo do bumbum. O procedimento proporciona um incômodo, apenas, nos primeiros cinco minutos quando o vácuo faz a sucção da gordura”, explica Taciane. Ela acrescenta, ainda, que as pessoas com fragilidade capilar podem apresentar uma roxidão na região tratada, mas que com 4 a 5 dias some.

 

Pacientes aderem ao procedimento que promete resultado sem dor

(Foto: Arquivo pessoal)

 

De acordo com a dermato, o aparelho fica acoplado à área em tratamento por uma hora e já garante resultados na primeira sessão. “A quantidade de sessões varia de paciente para paciente, mas com apenas uma sessão, o paciente já tem ótimos resultados. É importante ressaltar que esse tratamento só pode ser feito na mesma área do corpo 3 meses após a aplicação, pois esse é o grande diferencial da criolipólise”, orienta.

 

Para felicidade geral, as gorduras nesse tratamento “morrem” devido a baixa temperatura, por isso não há possibilidade de volta. Porém, há certos cuidados que são necessários para que o corpo fique em total harmonia. “As gorduras morrem, mas pode acontecer de o paciente engordar e ganhar novas gorduras, por isso o paciente deve fazer atividade física, de preferência aeróbica, e ter uma boa alimentação para obter um resultado satisfatório”, enfatiza Taciane.

 

Resultado da criolipólise com apenas uma sessão

(Foto: Arquivo pessoal)

 

Como a criolipólise é um tratamento não-invasivo, a especialista explica que o método é contra-indicado apenas para quem possui trombose, alergia a gelo ou está gestante. E quanto as reações, ela afirma que o paciente pode sentir incômodo por alguns dias, mas é natural por causa do processo inflamatório. De acordo com a especialista, a novidade pode custar em média R$ 900,00 a R$ 1.100,00 reais por sessão. 

28/05/14 | 17:59h

Ampliar Foto
Não abra mão da hidratação Máscara capilar: um poderoso revitalizador

Máscara capilar: um poderoso revitalizador

Por Bruna Andrade

 

O segredo para conseguir cabelos bonitos e saudáveis está na hidratação. Um procedimento simples que tem o poder de reconstruir os fios danificados pelo sol, mar, vento, cloro, poluição, coloração, descoloração, relaxamento, chapinha, secador. Engana-se quem pensa que o tratamento só funciona nos salões de beleza, pois a cabeleireira Inglid Melo garante que a aplicação da máscara pode ser feita em casa e com um resultado bem satisfatório, desde que sejam utilizados os produtos corretos.

 

Para atingir o objetivo, a hidratação tem que ser levada a sério tanto quanto a limpeza dos fios com shampoo e condicionador, pois é através dela que os cabelos recebem os componentes necessários para a sua Exibindo 3.jpgreconstrução. “A hidratação deve ser realizada semanalmente para que os cabelos recuperem a água, a elasticidade, maciez, brilho, emoliência, através das vitaminas e proteínas contidas no creme”, explica Inglid.

 

A profissional orienta que shampoos, condicionadores e máscaras devem ser específicos para o tipo de cabelo para se obter um melhor resultado. Com os produtos corretos em mãos, é possível iniciar a aplicação. ”Os cabelos devem ser bem lavados com shampoo, depois separados ao meio para poder enluvar mecha a mecha de três dedos abaixo da raiz até as pontas. Em seguida, deve-se utilizar a touca térmica e deixar agir de 5 a 15 minutos. Por último, enxaguar e se desejar condicionar”, explica.

 

As madeixas oleosas não devem deixar de serem tratadas, pois também precisam receber os componentes que oferecem vitalidade aos fios. “A lavagem deve ser com shampoos especiais para oleosidade, de preferencia os de menta e hortelã que inibem a oleosidade. E é importante lembrar que o enxague com água morna só agrava oleosidade do couro cabeludo, possibilitando o surgimento da caspa. Portanto, opte sempre pela água fria”, finaliza.

 

Bruna Andrade é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Tiradentes (UNIT), pós graduanda em Comunicação, Marketing, Assessoria de Imprensa e Webjornalismo pela Faculdade Pio Décimo e colunista sobre Saúde & Beleza, com experiência em TV, rádio, revista e jornal impresso.

Contato: brunadiandradebda@hotmail.com

30/09/13 | 06:10h

Na manhã desta sexta-feira, 27, o Programa Municipal de Saúde Bucal, Sorria Aracaju, ofereceu orientações em cuidados à saúde para os moradores do bairro 17 de Março. Cerca de 140 pessoas foram orientadas, entre crianças, adultos e idosos. A ação fez parte do projeto “Ação em Saúde na Ocupação Novo Amanhecer”.

 

Foram enviadas ao local as cirurgiãs-dentistas Amanda Barreto e Larissa Correia, que ensinaram à população como fazer uma boa higiene bucal, além dos perigos do câncer de boca e as formas de evitá-lo. Para a dona de casa Maria Edivânia de Jesus, as explicações foram importantes. “Elas explicaram bem, usando cartazes e miniaturas. Tudo que aprendi, a partir de hoje, vai fazer parte da minha vida e da minha família”, afirma.

 

Segundo o coordenador do programa Sorria Aracaju, José Guimarães Neto, o mais importante é educar para prevenir. “Se a higiene bucal for feita do jeito correto, e com frequência, é possível evitar muitas doenças, inclusive algumas que podem começar na boca e afetar outras partes do corpo. Além do 17 de Março, outras localidades estão nos planos das nossas ações educativas”, enfatiza.

 

Da PMA

12/03/13 | 11:20h

Ampliar Foto
Make up profissa! Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Pegue caderninho e caneta para anotar as dicas infalíveis do maquiador das estrelas, Fernando Torquartto. Expert no assunto, ele afirma que toda mulher deve andar com um kit básico de retoque na bolsa. Afinal de contas, o rosto é cartão postal onde quer que você vá, não é verdade? Vamos ao que interessa:

 

Pele- Primer + uma boa base HD = cútis de boneca (sem imperfeições) e luminosidade natural.

 

Iluminador- Passe apenas no alto da maçã e nas têmporas, para não refletir luz onde não deve e ficar over brilhante.

 

Olhos- Capriche no rímel preto: curve bem e separe os cílios, passe várias camadas e dê uma leve manchadinha nos inferiores. Isso clareia o branco dos olhos e abre o olhar.

 

Boca- Errar o contorno dos lábios é um drama! Escolha um lápis cor de boca para desenhar e preenche-los antes de retocar o batom. Foi de vermelhão? Use lápis da mesma cor.

 

“Plus a mais”- Leve com você um lencinho de seda para secar a pele e um pó ultrafino para retocar o make sem pesar.

 

*Com informações da Revista Glamour - N° 10

11/01/13 | 13:22h

Ampliar Foto
Escova progressiva em casa Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Quem deseja ter os fios lisos e comportados sempre se arrisca a novos métodos e produtos capilares. Diante de tantas opções nas prateleiras, um em especial ganhou a minha atenção por não conter formol e apresentar um resultado incrível: Supreme Liss, da Amend. Ele é um sistema para escova progressiva que possui tecnologia profissional para redução de volume e friss com efeito liso intenso de longa duração.

 

Composto por carbocisteína e supremo de argan, o produto tem a função de reduzir o volume excessivo, eliminar o frizz, como também, de preservar a integridade dos cabelos, restaurar o brilho e a elasticidade dos fios. De acordo com o folheto explicativo, o processo de transformação é realizado em três etapas: higienização dos fios com o Shampoo Limpeza Profunda; Redução de volume e intensificação do efeito liso com a Emulsão Redutora de Volume e o Selamento do fio e proteção do efeito liso com a Máscara para Blindagem do Efeito Liso.

 

Anote o passo a passo:

Etapa 1Higienização dos fios

    1. Aplique      o Shampoo Limpeza Profunda nos cabelos molhados, massageie os fios      suavemente e enxágue. Repita a operação.


    2. Remova o excesso d’água com uma toalha.


    3. Seque 100% dos cabelos com o auxílio de um secador.

 

Etapa 2 – Redução do volume e intensificação do efeito liso

   4. Coloque uma quantidade de Emulsão Redutora de Volume em uma tigela. Divida os cabelos (secos e desembaraçados) em 4 partes: do meio da testa para a nuca      e de orelha a orelha.


   5.  Aplique o produto com o auxílio do pincel mecha por mecha, no sentido raiz para as pontas, garantindo a distribuição do produto por todo o cabelo para um      efeito satisfatório.


    6. Prenda os cabelos com o produto aplicado e com o secador inicie o processo de escova a partir das mechas da nuca até que todo o cabelo esteja escovado.


   7.  Em seguida, utilize uma chapinha para pranchar todo o cabelo, mecha por mecha, no mínimo 5 vezes cada uma. Depois aguarde 10 minutos.


   8.  Enxágue todo o cabelo com água morna.

 

Etapa 3 – Selamento do fio e proteção do efeito liso

 
   9. Aplique a Máscara para Blindagem do Efeito Liso por todo o cabelo, no comprimento dos fios e pontas evitando encostar o produto na raiz.


   10. Deixe o produto agir 5 minutos massageando os fios durante esse período.


   11. Enxágue bem os cabelos para retirar todo o produto. Com o auxílio de uma toalha, retire o excesso.


   12. Penteie o cabelo e com um secador com o jato de ar direcionado para baixo, seque os fios deslizando os dedos de cima para baixo.

 

Produto: Kit Supreme Liss – Amend, na Beauty Fair.

Valor: 45,00

Onde encontrar: Lojas de cosméticos

*Não é recomendado uso em gestantes ou na fase amamentação.

`


19-06-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter