Na Política

Biblia Online

06/01/22 | 09:56h (BSB)

Sergipe confirma primeiro caso de codetecção de influenza e coronavírus

População deve reforçar as medidas de prevenção contra a gripe e a Covid-19

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou o primeiro caso de codetecção simultânea dos vírus Influenza e coronavírus. Trata-se de uma mulher que reside em Aracaju. A identificação do caso atenta para que sejam reforçadas as medidas de prevenção contra a gripe e a Covid-19, a exemplo do uso correto da máscara, distanciamento social e higienização das mãos.

O médico infectologista e diretor de Vigilância e Saúde, Marco Aurélio Goes, explica que como não há estudos concluídos sobre a identificação simultânea dos vírus, ainda não é possível afirmar se a coinfecção causa quadros mais graves da doença.

“Os casos da coinfecção influenza e Covid-19 têm sido cada vez mais vistos no mundo e no Brasil. Tivemos esse caso no estado, acreditamos que com o aumento da circulação dos vírus vamos começar a detectar isso com mais frequência. A grande questão é que, até o momento, não se sabe se a presença dos dois vírus apresenta um quadro mais grave ou não. Se eles estão apenas coinfectados, ou se estão de forma conjunta causando uma doença mais grave. Isso não temos descrito, já que estudos estão sendo realizados. O mais importante, sabemos, a maneira de se prevenir de um vírus é a mesma maneira de se prevenir do outro”, enfatiza.

O médico reforça que a prevenção é a melhor saída. Além disso, salienta que a população precisa completar o esquema vacinal contra a Covid-19. Até o momento, 67,26% da população sergipana está com a imunização completa contra a Covid-19.

“Quando a gente se expõe a um dos vírus, na verdade estamos nos expondo a mais vírus que são transmitidos de forma respiratória. É importante reforçar a vacinação para a Covid, para que não tenhamos formas graves da doença e as medidas preventivas como uso da máscara, distanciamento social e constante higienização das mãos”, reforça Marco Aurélio.

Testagem

Quando a amostra chega ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), primeiro é realizada a testagem para à Covid-19, caso o teste seja negativo e o município tenha realizado a notificação de circulação de influenza, a mostra é testada para as demais síndromes gripais.

Da ASN



18-01-2022
 

 

 

Resultados - Elei��es

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter