Na Política

Biblia Online

31/03/21 | 05:14h (BSB)

Breno Garibalde chama a atenção para os problemas dos canais de Aracaju

Durante a Sessão virtual da Câmara Municipal de Aracaju, que aconteceu na manhã desta terça, 30, o vereador Breno Garibalde (DEM) chamou a atenção para o problema dos canais de Aracaju que ainda causam muitos transtornos para a população com enchentes e mau cheiro.

“Todos sabem que Aracaju foi construída em cima de córregos, mangues e isso gera problemas até hoje. Ao contrário do que muita gente pensa, esses canais espalhados ao longo da cidade deveriam receber apenas água da chuva, afinal são canais de drenagem, mas o que percebemos ainda é um monte de ligação irregular de esgoto e descarte de lixo que vão parar diretamente nos nossos rios”, destaca Breno.

Ainda segundo o parlamentar, isso acontece porque antigamente Aracaju não tinha rede de esgoto em grande parte da cidade, mas hoje já possui na maioria dos bairros e a Deso pretende alcançar todo o município nos próximos anos.

“Além de levar a rede de esgoto para toda a cidade, é preciso conscientizar, fiscalizar e auxiliar a população para que façam as ligações corretas na rede”, explicou Breno, que também informou que tapar todos os canais não é a única solução, porque isso além de esconder o problema diminui a captação de água da chuva.

Impermeabilização do solo

O parlamentar também alertou sobre a impermeabilização do solo da cidade informando que só os canais não são suficientes para aguentar os períodos de chuva e maré alta que Aracaju enfrenta. “A gente precisa pensar numa cidade mais permeável com uma certa urgência e eu me coloco a disposição para auxiliar nesta discussão. Pensando de forma conjunta, tenho certeza que caminharemos para uma cidade ainda mais funcional, inteligente e sustentável”, disse Breno.

Ao final do seu discurso, o vereador parabenizou a gestão do prefeito Edvaldo Nogueira por algumas ações que estão sendo feitas em conjunto com Emurb, Emsurb e Defesa Civil.

“Em muitos canais já foram instaladas as redes de contenção para evitar a passagem de lixo. Também já se pode observar a velocidade de escoamento das águas, o que significa que os canais e bocas de lobo estão sendo limpos com frequência, mas ainda temos muito que avançar e isso não é um problema só do executivo. Nós temos que ter consciência e conscientizar a população que cada boca de lobo, cada canal, é um pedaço dos nossos rios”, concluiu.

Da Ascom



19-04-2021
 

 

 

Resultados - Eleições

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter