Na Política

Biblia Online

17/02/21 | 12:09h (BSB)

Professora Ângela Melo apresenta Indicações para reforma e construção de ciclovias em Aracaju

Compreendendo a importância de investimento público nos diversos modais de transporte, a vereadora Professora Ângela Melo (PT) apresentou Indicações para que a Prefeitura construa e reforme ciclovias em pontos relevantes da cidade.

Um estudo da ONG Ciclo Urbano, que desenvolve ações em defesa da mobilidade urbana, revelou que 60% das ciclovias de Aracaju estão em más condições de uso.

Visando reverter este cenário, a parlamentar petista propôs inicialmente a recuperação de duas ciclovias localizadas em áreas estratégicas da cidade, a da avenida Coelho e Campos e a da avenida Tancredo Neves (especialmente nos trechos situados nos bairros Inácio Barbosa e América).

Além dessas reformas, Ângela requereu que seja providenciada a construção de outras duas ciclovias, uma na extensão da avenida Melício Machado e outra ligando as avenidas Heráclito Rollemberg e Antonio Alves com início no bairro São Conrado, conjunto Orlando Dantas, passando pela Farolândia, Conjunto Augusto Franco, e sendo finalizada na Atalaia, na praça Carvalho Neto.

A vereadora Professora Ângela Melo destaca que a adoção de políticas públicas que estimulem o uso de bicicletas “tem efeitos positivos na qualidade de vida da população e no meio ambiente de uma forma geral, já que contribui diretamente para a melhoria da saúde das pessoas que se deslocam por esse meio e na redução de gases poluentes”.

Ângela acredita também que o investimento na ampliação e reforma da malha cicloviária da cidade ajuda, inclusive, a reduzir a lotação do transporte coletivo. “Os nossos ônibus estão cada vez mais cheios e isso no meio de uma pandemia que retira mais de mil vidas por dia. É preciso uma série de medidas do poder público e o investimento em outros modais, como as ciclovias e ciclofaixas, ajuda a minimizar a propagação do vírus”.

Da Ascom

 
 



06-03-2021
 

 

 

Resultados - Eleições

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter