Na Política

Biblia Online

14/07/20 | 08:47h (BSB)

Anderson de Tuca alerta para taxa de esgoto

Na última semana, o vereador Anderson de Tuca (PDT) recebeu inúmeras abordagens de cidadãos aracajuanos, os quais não estão satisfeitos com o serviço de distribuição de água na capital. Na maioria das reclamações constavam, principalmente, a cobrança de valores referentes à taxa de esgoto da Companhia de Saneamento Básico de Sergipe (Deso), considerada abusiva e questionável pelos utilizadores do serviço.

Em conversa com o parlamentar por meio de sua rede social, uma moradora do bairro Jardins explicou que reside em um condomínio e os valores estipulados para o gasto com água subiram consideravelmente, depois que a cobrança da taxa de esgoto foi acrescentada. “Os valores cobrados já eram altos. Depois que incluiu a taxa ficou exorbitante, chegando a 80% em cima do valor da conta. Porque foi estipulado este valor?”, indagou.

O vereador acredita não ser justa a cobrança e que este tipo de ocorrência precisa ser estudada com mais profundidade, visto os casos em que o cidadão nem utiliza por serviços disponibilizados pela Deso, mas que mesmo assim são debitados em suas faturas. Anderson ainda frisa a má qualidade da água e da distribuição do esgoto em algumas regiões – outros fatores que não justificam a elevação de tarifas, principalmente em período pandêmico.

“Sei que a responsabilidade sobre estas cobranças são do Estado, mas dentro do meu papel fiscalizador, irei ver junto ao órgão uma justificativa a título informativo sobre o porque da taxa de esgoto vir tão cara para alguns e para outros não. Além disso, não é só a taxa de cobrança do esgoto. A água que temos hoje em dia não possui uma boa qualidade. Existem esgotos abertos, poluição. Pagamos caro por um serviço que de longe, chega a ser mediano. São questões que também serão alertadas por mim à Deso”, enfatizou Anderson.

 

Da Ascom



12-08-2020
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter