Na Política

Biblia Online

05/05/20 | 09:53h (BSB)

PL prevê distribuição gratuita de hidroxicloroquina para portadores de doenças crônicas

Preocupada com a escassez da Hidroxicloroquina nas farmácias, drogarias e unidades de saúde e com a possível descontinuidade do tratamento de pacientes com Lúpus Eritomatoso Sistêmico (LES) e de Artrite Reumatóide, a deputada estadual Maria Mendonça protocolou Projeto de Lei (PL69/2020) dispondo sobre o Cadastro Estadual de Portadores dessas doenças para que rede pública estadual de saúde os garantam a medicação gratuitamente.


A Hidroxicloroquina, que é utilizado para o controle dos sintomas de doenças crônicas como o LES e a Artrite Reumatóide, foi reconhecida pelas autoridades em saúde do país como o medicamento capaz de frear a evolução do coronavírus no organismo humano, tornando-se eficaz no combate ao Covid-19, responsável pela pandemia mundial. A ampla divulgação sobre os efeitos positivos da medicação para o coronavírus deu início a falta da substância medicamentosa nas farmácias e drogarias, levando os portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico e Artrite Reumatóide ao desespero.


Na elaboração do Projeto de Lei, a deputada Maria Mendonça levou em consideração o fato de a substância Hidroxicloroquina já ser utilizada há muitos anos no tratamento de doenças como amebíase hepática e em conjunto com outros fármacos, ter eficiência clínica na artrite reumatoide, lúpus eritematoso sistêmico, lúpus discoide, assim como na sarcoidose e nas doenças de fotossensibilidade, a exemplo de porfiria cutânea tardia e as erupções polimórficas graves desencadeadas pela luz.

“Portanto, mesmo diante da possibilidade de o medicamento ser produzido em larga escala nós próximos meses, em sendo aprovado para o tratamento do Covid-19, não podemos permitir que quem padece com doenças cuja Hidroxicloroquina é considerada eficaz, sofra com a falta do medicamento devido a imensa demanda que ocorrerá”, observou a deputada.


Da Ascom



07-06-2020
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter