Na Política

Biblia Online

12/12/19 | 17:33h (BSB)

Vereador de Aracaju nega acusação de pedofilia

O parlamentar afirma que está sendo vítima de uma armação e tentativa de extorsão

Ampliar Foto

César de Oliveira

Do Portal NaPolítica

 

O vereador de Aracaju, Pastor Carlito Alves (PRB), esclareceu e negou a suposta acusação de pedofilia. O parlamentar afirma que está sendo vítima de uma armação e já havia registrado ocorrência na delegacia de crimes cibernéticos no dia 25 de outubro deste ano.

“Levei à justiça todas as informações necessárias para comprovar que fui vítima de uma quadrilha especializada em crime digital, através de um perfil falso em uma rede social”, informou em nota.

O pastor Carlito Alves alega que foi vítima de tentativa de extorsão. “Tudo foi premeditado e esquematizado para que minha imagem fosse exposta negativamente e estes levassem vantagem financeira por meio de chantagem e extorsão”.

O parlamentar acredita que a quadrilha seja de outro estado. “Não existe nenhum pai, não existe menina de 13 anos, não existe ato de pedofilia algum. O que existe é uma tentativa de extorsão através dessa quadrilha, possivelmente do Estado de Santa Catarina que formou parceira com um sergipano”.

A responsável pela investigação é a delegada Rosana Freitas. De acordo com SSP/SE, através de nota, foi instaurado um procedimento para apurar o caso, mas, por hora, está descartado a possibilidade de crime praticado pelo vereador.

 

Da redação



15-08-2020
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter