Na Política

Biblia Online

14/11/19 | 14:41h (BSB)

Registro da coligação composta por PDT e PMN é indeferido

Os candidatos eram Carmo da Nascença para prefeito e Jhon Santos Oliveira para vice

Do Portal NaPolítica

 

O registro da Coligação “Agora é a vez do povo”, composta por PDT e PMN, foi indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE), mantendo a decisão do juiz de primeiro grau, Raymundo Almeida Neto, para a eleição suplementar no município de São Francisco. O candidato à prefeito registrado era José do Carmo Filho, conhecido também como Carmo da Nascença, e o vice era John Santos Oliveira.

O indeferimento do Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap) foi coligação foi causado pela coligação perder o prazo de registro dos candidatos, que foi até às 19h do dia 16 de outubro. A decisão ainda cabe recurso.

Outras duas chapas registram candidatura: a Coligação “Nossa Força vem do povo” (MDB e PT) com Alba Nascimento para prefeita e Desirê Hora para vice, e a Coligação “Agora é Diferente” (PSB, PSD e Solidariedade) com Luan Araújo Cardozo para prefeito e Sandro Santos Andrade para vice.

As eleições suplementares acontecerão no dia 1º de dezembro. O presidente da Câmara de Vereadores, Gilvânio Santana Silva, ocupa o cargo de prefeito temporariamente após a Justiça Eleitoral cassar o mandato da prefeita Altair Santos Nascimento e do vice Manoel Messias Nascimento, que foram acusados de compra de votos nas eleições de 2016.

 

Da redação



16-12-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter