Na Política

Biblia Online

05/11/19 | 06:30h (BSB)

Saúde do homem é discutida no plenário do legislativo

Com o objetivo de sensibilizar os homens para a importância do diagnóstico precoce do câncer da próstata, a deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) promoveu amplo debate sobre o tema na tarde de hoje, 4, no plenário da Casa Legislativa de Sergipe. O geriatra Antônio Cláudio Santos das Neves, o endocrinologista Raimundo Sotero e o urologista Weslei Lima falaram sobre a importância de os homens não descuidarem da saúde.

A deputada é autora do Projeto de Lei 8.176/2016 que institui no calendário do estado de Sergipe o Novembro Azul, mês dedicado às campanhas de prevenção e orientação sobre a saúde masculina. O primeiro palestrante a falar sobre a saúde do homem foi o médico Cláudio Neves. De acordo com ele, o Brasil envelhece muito e de forma acelerada. “Não nos preparamos para essa estatística; é crescente o número de pessoas idosas e o setor público não tem se organizado para atender esse crescimento. Chamamos esse crescimento de revolução prateada, um crescimento exponencial e que assusta muito”, alertou.

O médico falou ainda sobre as alterações fisiológicas relacionadas ao envelhecimento. Segundo ele, a partir dos 40 anos, a vulnerabilidade se faz presente, ocorrendo maior incidência de infarto, câncer de próstata, diabetes, entre outras doenças. “E a partir os 50 anos a situação se intensifica”, explicou o geriatra, ressaltando que a prevenção é necessária e deve ocorrer na fase da longevidade, e não na velhice como é frequente.

O urologista Weslei Lima discorreu sobre a neoplasia maligna da próstata, (câncer de próstata), os sintomas e a incidência. Ele relatou que diante dos atendimentos que faz na Saúde do estado, observa que a assistência urológica está abandonada, e que o espaço de discussão é importante para melhorar esse atendimento. “É preciso que os serviços funcionem melhor, é necessário buscar excelência”, avalia.

O médico urologista falou também da prevenção, “um ato melhor que remediar é a prevenção. As mulheres é que levam os homens para o médico, pois eles acham que são super-heróis, e não precisam ir ao médico”, frisou. A maior causa de morte em homens é por câncer de próstata. “No Brasil, segundo dados de 2016, ocorreram 61.200 novos casos de câncer. O estado de Sergipe alcançou 1.050 novos casos de câncer”, informou Weslei, alertando que a prevenção saudável se dá com hábitos melhores como a prática do ato sexual, exercícios físicos e melhor alimentação.

O médico Raimundo Sotero encerrou as apresentações falando da incidência do diabetes e disponibilizou o livro: “Um livro para Crianças Diabéticas” – que é uma cartilha instrutiva para crianças com a doença. O médico é especialista no estudo e tratamento da doença há mais de 40 anos.

Raimundo Sotero explicou que exatos 327 milhões de pessoas têm diabetes no mundo e que 1,5 milhões de mortes no Brasil são causadas diretamente pela diabetes. “Todo mundo pode ter diabetes, desde crianças à adultos. Mais de 80% de mortes para diabetes ocorrem em países de baixa e média renda”, expôs. A Organização Mundial de Saúde estima que o número de pessoas com diabetes em todo o mundo, cresceu cerca de 300% de 1980 a 2014, atingindo 422 milhões.

O médico lembrou que as pessoas precisam atentar para a doença, que é silenciosa e atinge altos níveis de açúcar no sangue podendo levar à doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, cegueira, insuficiência renal e amputações, entre outros ” O horizonte só é sombrio quando o sol se esquece de iluminá-lo”, declarou Sotero, apresentando no plenário do legislativo um vídeo da caminhada pela saúde que realiza por meio da Associação Sergipana de Proteção ao Diabético (ASPRAD). ” O objetivo da campanha é alertar a população sobre a doença, e fazemos esse alerta com muitas parcerias, de forma voluntária”, concluiu.

O deputado Georgeo Passos (Cidadania) disse que “a prevenção à doença é necessária, e o estado deve estar preparado para atender à população, a exemplo de ampliação de oferta de médico geriatra no quadro médico”, indicou.

Os deputados Dilson de Agripino (Cidadania) e Vanderbal Marinho (PSC) parabenizaram a deputada Maria Mendonça e aos médicos pela palestra. “O acesso às informações é importante para esclarecer a população, e essas informações são levadas às famílias onde lá são despertadas para a prevenção e a ida ao médico”, disse Vanderbal. Já o deputado Dilson lembrou que projeto da deputada Maria dá preferência ao homem caminhoneiro no atendimento público. A deputada Diná Almeida (PODE) e o deputado Luciano Pimentel (PSB) também parabenizaram a deputada pelas apresentações.

Para a autora da palestra, Maria Mendonça, “os palestrantes se posicionaram brilhantemente para falar sobre tema, que é muito importante”. Segundo disse ainda a parlamentar, as palestras foram esclarecedoras. “Eu me sinto com o dever cumprido de trazer esse tema da saúde do homem para essa tribuna”, disse.

Quanto ao que abordou o deputado Dilson de Agripino sobre o projeto de lei da deputada, que foi sancionado pelo governo do estado de Sergipe, a deputada Maria conta que os caminhoneiros necessitam dessa preferência. “Os caminhoneiros levam e trazem o progresso desse país. Eles vão de Norte a Sul, Leste a Oeste e quando chegam não dá tempo para parar e fazer exames pois precisam retornar. Prevenir é mais barato que cuidar da doença. Cuidar da diabetes é caro, gera ônus muito grande para quem está no comando da Saúde do estado. Se os gestores tivessem essa iniciativa de garantir a prevenção a doença seria evitada”, declarou Maria.


Da Ascom



12-11-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter