Na Política

Biblia Online

25/09/19 | 10:09h (BSB)

Abusos sexuais: Meireles alerta pais para os perigos do mundo virtual

O vereador Fábio Meireles (Cidadania) advertiu hoje para o perigo que as redes sociais e o "território livre de internet" oferecem, sobretudo, no que se refere à prática de crimes, afetando, principalmente, crianças e adolescentes. O alerta foi feito, ao citar o grande número de estupros contra vulneráveis.

“Temos que chamar a atenção, pois, além da exploração a partir do contato físico, há um crescimento assustador desse mesmo crime nas interações virtuais”, afirmou o parlamentar, ressaltando que isso acontece, geralmente, provocada por um adulto que em posição de poder estabelece esse contato e estimulação sexual para satisfazer aos seus desejos.

De acordo o vereador, os pais muitas vezes não têm controle do conteúdo acessado pelos filhos e nem com quem essas crianças e adolescentes estão estabelecendo contatos. “Essa perda de controle dos pais, tem levados muitos a viverem dissabores”, lamentou.

Fora do campo virtual, Fábio ressaltou que o crime de estupro contra crianças e adolescentes tem crescido muito. “O Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado há duas semanas, traz dados estarrecedores”, disse ao citar que dos 180 casos de registrados por dia, 64% atingem meninas menores de 14 anos ou pessoas com distúrbios mentais.

Outros 28% dos crimes são praticados contra meninas com idades entre dez e 13 anos; e quase 17% das vítimas têm de cinco a nove anos.

“O que choca, ainda, mais que 75%dos estupradores são pessoas próximas, dentre eles, pai, avô, irmão, tio. Pessoas que têm o dever moral de cuidar, de proteger, mas que, infelizmente, viram algozes dessas crianças indefesas e sem vozes”, falou Meireles, ao propor união de forças de toda a sociedade, além de uma política pública protagonizada pelos governos das três esferas (federal, estadual e municipal) para se combater o problema.


Da Ascom



21-10-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter