Na Política

Biblia Online

10/09/19 | 06:46h (BSB)

Novo sistema permite que TCE economize tempo no julgamento de contas

Uma novidade adotada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), por meio da Diretoria de Modernização e Tecnologia (DMT), deverá otimizar a atuação do corpo técnico do órgão na elaboração de relatórios sobre as prestações de contas dos jurisdicionados. Trata-se do Painel de Gerenciamento e Análise (PGA), já disponibilizado às coordenadorias de Controle e Inspeção (CCIs) do TCE, para servir de apoio aos profissionais responsáveis por esse trabalho.

Interligada ao Sistema de Auditoria do Tribunal (Sagres), a ferramenta antecipa uma série de informações para os técnicos da Corte na preparação dos relatórios. "É mais uma forma que encontramos para darmos celeridade na apreciação das contas; o PGA certamente vai contribuir para que os gestores tenham suas contas julgadas no mais breve espaço de tempo", comenta o presidente do TCE, conselheiro Ulices Andrade.

Ele acrescenta que, por meio do Painel, para cada prestação de contas analisada, são antecipados dados "que antes demandavam grande tempo de busca", como orçamento inicial; composição total da receita - incluindo repasses financeiros; despesa autorizada/realizada; comparativo entre receita e despesa; detalhes sobre eventual inspeção realizada no período em análise, entre outros.

"Essas informações são incorporadas a um relatório pré-montado, com dados que estão presentes no Sagres, que é a nossa ferramenta de trabalho básica; com isso, o analista sai da parte de garimpo de dados, da parte de digitação e vai usar seu conhecimento só para checar os dados, ver se as conclusões são válidas e se é aquilo que vai adotar", observa o diretor da DMT, Edson Brasil.

Na sua etapa inicial de implementação, o Painel de Gerenciamento e Análise já está disponível para as Coordenadorias técnicas da Corte de Contas na análise de contas anuais de Governo e de fundos públicos, bem como nos processos de aposentadorias.

"As expectativas são gigantes porque era um anseio antigo da parte técnica; é uma ferramenta de otimização dos serviços de análise de contas, que vai agilizar muito o tempo", destaca a coordenadora da 5ª CCI, Roseane Tavares.

Já o coordenador da 6ª CCI, Eleonaldo Soares, acrescenta que o PGA contribuirá também para a padronização dos relatórios: "Antes fazíamos isso manualmente; hoje, com esse sistema, temos o relatório 'pré-pronto' e assim o técnico vai ter mais tempo para fazer seu planejamento de auditoria e um trabalho de qualidade; então vem nos ajudar na produtividade do trabalho dos nossos técnicos, e também a padronização dos relatórios".


Da Ascom/TCE



15-09-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter