Na Política

Biblia Online

23/05/19 | 07:08h (BSB)

Iran Barbosa critica ministro por aliar recursos da educação com a previdência

O deputado estadual, Iran Barbosa, usou a tribuna na sessão plenária da manhã desta quarta-feira, 22, para registar sua preocupação sobre a Educação no Brasil. De acordo com o parlamentar, os deputados federais, senadores e reitores de instituições federais de ensino do Rio Grande do Norte estiveram reunidos, na noite da última segunda-feira, 20, com o ministro da Educação Abraham Weintraub, para apresentar o impacto que o contingenciamento de recursos anunciados pelo Governo Federal terá no estado e solicitar a suspensão da medida.

Segundo o deputado Iran Barbosa, “o ministro soltou algumas pérolas durante a reunião. Entre elas, ministro da Educação condiciona a liberação dos recursos contingenciados para as universidades à aprovação da Reforma da Previdência. Então vemos que não é um contingenciamento meramente fiscal, financeiro, e sim, um contingenciamento político. É uma medida de retaliação com vistas que se crie um clima para aprovação de uma proposta que deve ser debatida na profundidade que a reforma da previdência exige”, avaliou Iran.

Questão de Ordem

Diante da exposição do deputado petista na tribuna, o deputado estadual Zezinho Guimarães(MDB) solicitou espaço de exposição na questão de ordem no plenário legislativo e disse que o ministro da Educação deve falar menos besteiras. “Eu corroboro com o que o colega deputado falou e digo mais, o ministro da Educação deveria trabalhar mais e falar menos, menos bobagem. Querer vincular a política da Educação com a reforma da previdência é um desvaneio, de um político despreparado que deve cuidar de sua pasta com seriedade e não com brincadeira. Pois isso é o que estamos acostumados a ver nesses últimos seis meses esse governo federal so faz trabalhada, e deve trabalhar em prol do Brasil”, expôs o deputado seu ponto de vista.


Da Ascom



15-09-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter