Na Política

Biblia Online

29/01/19 | 06:11h (BSB)

Ana Lúcia: “tragédia anunciada em Brumadinho não foi acidente”

A deputada estadual Ana Lula (PT) utilizou suas redes sociais para emitir uma nota pública se solidarizando com as famílias envolvidas de Minas Gerais e condenando os responsáveis pela tragédia ocorrida na última sexta-feira (25), na Cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte/MG, quando a Barragem da Mina Córrego do Feijão rompeu, atingindo milhares de famílias.

Em sua nota, a deputada petista diz que “minha solidariedade se estende aos familiares e amigos das vítimas. Por afetar as águas do Rio São Francisco, as consequências deste desastre afetarão não apenas os irmãos de Minas Gerais, mas também parte da Bahia, de Sergipe, Alagoas e de Pernambuco”, lamentou.

Ana Lula foi ainda mais longe e não aceita que o episódio de Brumadinho seja avaliado como “acidental”. “Esta tragédia anunciada não pode ser considerada acidente, uma vez que desde o episódio do rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana/MG, há cerca de três anos, especialistas e instituições como a Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Ministério Público Federal vinham monitorando a área”.

Na nota a deputada acrescenta ainda que esses especialistas verificaram fragilidades e alertaram para o grave risco existente em inúmeras barragens do país, seja pela gestão inadequada, pela incipiência da legislação existente, ou pela fiscalização ineficiente por parte de órgãos de controle.

“Enquanto agente pública lamento e repudio o modelo de mineração em nosso país, marcado por empresas privatizadas e multinacionais que hipervalorizam o lucro, colocando-o acima das vidas, dos valores humanos, da garantia da dignidade e da preservação do meio ambiente. É fruto deste modelo mais este crime ambiental, que causou morte e pânico para a população, além da degradação ambiental sem precedentes, que irá afetar gerações e gerações de brasileiros”, completou a deputada em suas redes sociais.


Da Ascom



20-02-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter