Na Política

Biblia Online

10/10/18 | 06:36h (BSB)

Emília: “entendo que o mais democrático é o voto de quem é mais votado”

Do Portal NaPolítica

A vereadora Emília Corrêa (PATRI) disse em entrevista ao Portal NaPolítica que já tem uma análise sobre quem apoiará no segundo turno, mas vai se reunir com o agrupamento primeiro antes de anunciar. A vereadora também falou sobre sua votação expressiva nas urnas.

Emília Corrêa lamentou não ter sido eleita mesmo com quase 53 mil votos e lembrou que na próxima eleição a legenda vai acabar e só será eleito quem o povo mais votou.

“Então, eu me sinto deputada federal de fato eu só não vou assumir porque a legislação não deixou, não permite, ou seja, eu fui eleita pela vontade do povo, os outros dois que entraram foi pela vontade da legislação. Com isso, não estou diminuindo porque eu conheço as regras do jogo. Que bom que essa legenda vai acabar na próxima eleição, muitas já foram prejudicados assim. A sensação é meio estranha, mas é de felicidade também porque o povo de Sergipe aprovou meu nome”, disse Emília.

Ainda sobre a legenda, Emília disse que o mais democrático é o voto de quem é mais votado. “Eu não gosto muito da questão da legenda nem me beneficiando, nem me prejudicando, porque na verdade quando um entra com menos voto, ele entra e sabe que não foi a vontade do povo, foi a legenda”.

Na bancada federal sergipana, nenhuma mulher foi eleita. Emília Correia seria a única mulher. “Isso eu lamento, foram eleitos oito homens, a mulher poderia ter sido eu, e faríamos história se a legislação nos tivesse permitido, teria sido a primeira mulher eleita deputada federal com votação expressiva”.

Segundo turno

Em relação a quem apoiará no segundo turno, Emília Correia disse que em breve anunciará seu apoio. “Vamos nos reunir e ouvir o grupo e tomar minha decisão. Tenho minha análise e minha independência sempre. Logo, logo estarei dizendo.

Da redação



16-12-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter