Na Política

Biblia Online

25/05/18 | 05:45h (BSB)

Gustinho cobra solução do governo para preservar empregos na FHS

O deputado estadual Gustinho Ribeiro (SD) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã dessa quinta-feira (24), para cobrar uma solução definitiva do governo do Estado para preservar os empregos de quase sete mil servidores da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS). O parlamentar sugeriu que a Assembleia Legislativa promova uma grande audiência pública para debater o tema e tentar encontrar uma alternativa.

“Fui um dos primeiros deputados a ser procurado por uma comissão representando os servidores da FHS. Eu mantenho a minha sugestão de realizar uma grande audiência pública aqui na Alese, com a participação de parlamentares, do MPE, MPF, Ministério Público do Trabalho, da Procuradoria do Estado e dos diversos órgãos que podem influenciar na busca de uma saída jurídica para salvar esses empregos”, defendeu Gustinho Ribeiro.

O deputado disse que são quase sete mil servidores aguardando uma solução e que o governo não pode apenas “criar uma nuvem de fumaça”. “Quando soube da reunião de uma comissão com o governador Belivaldo Chagas (PSD), a gente achava que ia sair alguma posição, mas o governo apenas disse que vai fazer um estudo para tentar encontrar uma solução, mas essas pessoas estão angustiadas e preocupadas porque o tempo está passando. O governo não pode tentar maquiar a realidade ou criar uma cortina de fumaça para enganar os servidores”.

Gustinho considera que tem muita “demagogia” em quem apenas critica as Fundações e revela que o problema não está na estrutura administrativa, mas na falta de gestão. “Deixaram um rombo de mais de R$ 200 milhões nas Fundações. Nós defendemos que o parlamento se mobilize e encontre uma alternativa para tranquilizar esses servidores e salvar estes empregos. Vivemos num País com 14 milhões de desempregados e o governo de Sergipe não pode colocar em risco mais sete mil trabalhadores”.

Da Assessoria de Imprensa



21-06-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter