Na Política

Biblia Online

23/05/18 | 05:49h (BSB)

Fábio Meireles volta a defender pleitos dos agentes de trânsito

O vereador Fábio Meireles (PPS) defendeu, mais uma vez, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) as reivindicações dos agentes de trânsito da capital sergipana. Após a Tribuna Livre com o Sindicato dos Agentes de Trânsito (Sindatran), na Sessão desta terça-feira, 22, o parlamentar, que tem acompanhado as reuniões de negociação entre os representantes da categoria e a gestão municipal, ocupou o parlamento para manifestar “irrestrito apoio ao pleito dos trabalhadores e pedir sensibilidade do Executivo no sentido de que os servidores recebam uma resposta o quanto antes”.

De acordo com Meireles, a pauta dos agentes de trânsito está centrada na formatação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) e na concessão do aditivo de periculosidade para parte dos agentes, que ainda não recebem o benefício ao qual têm direito. Segundo o vereador, “são cerca de 60 agentes que foram nomeados em 2016 e buscam isonomia”.

Fábio afirmou que a demanda já foi apresentada ao secretário de gestão, Augusto Fábio, mas, o secretário de Finanças, Jeferson Passos, prometeu dar um posicionamento até o dia 17 de maio, o que não ocorreu. “O secretário Augusto Fábio foi muito solicito. No entanto, Jeferson Passos foi, no mínimo, deselegante por não cumprir a palavra acordada com os agentes de trânsito”, pontuou.

O vereador disse compreender a necessidade de análise da situação fiscal do Município para que o benefício seja concedido sem comprometer a saúde financeira da Prefeitura, mas ressaltou que “o pleito dos trabalhadores já recebeu parecer favorável da Procuradoria Geral do Município”. De acordo com Meireles, é preciso que os auxiliares da Administração tenham “responsabilidade com os compromissos que assumem, pois representam o Executivo”.


Da Ascom



23-06-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter