Na Política

Biblia Online

16/05/18 | 09:52h (BSB)

Kitty Lima repudia violência contra ocupação 'Marielle e Anderson Vivem'

A violência praticada contra a ocupação ‘Marielle e Anderson Vivem’, organizada pelo grupo do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e que estava instalada em um terreno pertencente à Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) no bairro Coroa do Meio, foi duramente criticada pela vereadora Kitty Lima (Rede) na manhã desta terça-feira, 15, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA).

Líder do partido Rede na Câmara, a parlamentar repudiou os atos de violência praticados pela Guarda Municipal de Aracaju (GMA) contra integrantes do movimento. Na última sexta-feira, 11, uma ação da GMA gerou grande tumulto no local e durante a abordagem dos agentes, uma jovem de 22 anos foi baleada no peito.

“Tanto eu, quanto o partido Rede, repudiamos qualquer tipo de violência, principalmente aquela que ocorre gratuitamente e de forma covarde como foi praticada contra essas famílias que estão em busca de uma casa para morar. Atirar contra uma mulher é uma covardia sem tamanho, só mostra que a vida para essa gestão não está valendo nada. Por isso, como líder do partido Rede nesta Casa, repudiu totalmente a forma como as pessoas que integram esse movimento foram tratadas pela administração municipal”, disse Kitty.

A vereadora lamentou ainda o fato do auxílio-moradia pago pela Secretaria Municipal de Assistência Social estar sem reajuste desde o ano de 2010.

“Muitas pessoas dependem desse auxílio para pagar o aluguel de uma casa e dar o mínimo de conforto e dignidade às suas famílias, por isso a prefeitura precisa atualizar o valor deste benefício que está defasado há cerca de oito anos. Ano passado, inclusive, eu solicitei por meio de um requerimento informações sobre as verbas destinadas para o pagamento desse auxílio, mas, infelizmente, não obtive nenhum retorno da prefeitura. Essa gestão é marcada pela falta de transparência”, alertou.


Da Ascom



27-05-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter