Na Política

Biblia Online

26/04/18 | 20:22h (BSB)

Kitty Lima denuncia problemas na UPA Fernando Franco

A vereadora Kitty Lima (Rede) participou da visita surpresa que a CPI da Saúde da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) realizou na manhã desta quinta-feira, 26, na UPA Fernando Franco, no bairro Augusto Franco. Durante a vistoria, a parlamentar constatou diversos problemas que afetam o serviço ofertado à população, os mais graves deles envolvem falhas no atendimento médico e a falta de segurança no local.

Membro suplente da CPI, Kitty fez questão de acompanhar a visita às instalações da UPA para verificar a real situação física e administrativa do local, e ouvir da população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) as principais queixas quanto ao serviço. A iniciativa fez parte do cronograma de trabalho da comissão que fiscaliza a atuação da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) na Saúde do município.

“O quadro clínico do Fernando Franco é composto por quatro clínicos, três pediatras e um cirurgião, que até a hora que saímos do local [às 9 horas] ele ainda não havia chegado para atender a população. Isso é um absurdo porque o número de profissionais para dar conta da demanda de pacientes é insuficiente, e para complicar ainda mais a situação, conversei com várias pessoas que confirmaram que os atrasos do cirurgião são constantes. Deixar a população desassistida diariamente dessa forma é injustificável”, denuncia a vereadora.

A falta de segurança também foi outro ponto percebido pela vereadora.

“Só existe um único segurança de uma empresa terceirizada para dar conta de toda a UPA, e para completar a sensação de insegurança, as câmeras de vigilância estão quebradas. A parte do fundo do prédio não possui segurança nenhuma, entra quem quer e na hora que quer, problema que nós já havíamos relatado à direção. Como apenas um homem consegue fazer a segurança de um lugar desse?’, questionou.

Na ala pediátrica a comissão verificou existir apenas 15 leitos – que no momento da visita estava lotada, e segundo os usuários, a realidade verificada nesta quinta se repete todos os dias.

“Notamos que os ares-condicionados da pediatria estão com vazamento e nem todos funcionam, o que deixa a população bastante desconfortável uma vez que o local vive lotado. Além disso, não há álcool em gel para os pacientes”, pontuou Kitty.

A falta de produto para higienização ocorre em quase todos os setores da UPA. Na recepção, por exemplo, o problema se repete.

“Notamos que também não é disponibilizado aos pacientes álcool em gel na recepção, algo tão simples e ao mesmo tempo fundamental para a higienização pessoal neste tipo de ambiente. Ainda na recepção notamos que os banheiros estão danificados e não têm sequer papel higiênico e sabonete para os usuários, uma situação precária”, lamentou Kitty.

A CPI verificou também outros problemas como falta de extintor em alas da UPA e falta de ventilação do necrotério. Todos os problemas constatados no Fernando Franco farão parte do relatório sobre a visita surpresa que a CPI da Saúde irá elaborar para ser entregue à secretária de Saúde Waneska Barboza, a fim de que todos eles sejam sanados o mais rápido possível.

“Desde a nossa última visita ao Fernando Franco, quando solicitamos que algumas melhorias, nada foi feito. Os problemas se repetem e quem mais sofre é a população que depende de um serviço com o mínimo de qualidade, o que não está sendo ofertado. Vamos marcar uma reunião com a Waneska Barboza para expor toda a situação que vimos aqui e cobrar dela um posicionamento”, disse KItty Lima, que reforçou que “as visitas vão continuar e já temos um calendário de trabalho definido porque a saúde hoje em Aracaju e em todo o estado está um caos”.


Da Ascom



23-10-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter