Na Política

Biblia Online

13/04/18 | 06:21h (BSB)

Futuro dos trabalhadores da FHS preocupa Maria Mendonça

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) voltou a apontar a necessidade de engajamento das autoridades em relação à situação dos servidores vinculados à Fundação Hospitalar da Saúde (FHS), que será extinta em março de 2019 por recomendação do Ministério Público Federal (MPF). A parlamentar propôs a somação de esforços de todos os segmentos, entre eles o Legislativo, considerando que “o Estado não pode deixar os quase sete mil trabalhadores acéfalos porque ao longo dos anos eles têm dedicado suas vidas ao serviço público”.

A preocupação da deputada está relacionada às incertezas em relação à manutenção dos empregos, uma vez que, os procuradores do MPF já atestaram a inviabilidade do contrato mantido, atualmente, entre a FHS e a Secretaria de Estado da Saúde (SES). “Diversas auditorias demonstraram a incapacidade de gestão do Estado por conta do descontrole na aplicação dos recursos públicos destinados aos serviços de saúde”, pontuou Maria, acrescentando que, “no entanto, os servidores que prestaram concurso, não podem ser penalizados”.

Maria Mendonça observou que o Governo chegou a divulgar na mídia que os funcionários não serão demitidos, mas não apontou o que fará para manter a segurança jurídica do regime trabalhista dos concursados. Por isso, explicou a parlamentar, “os trabalhadores estão receosos, sem saber o destino que terão”. A deputada lembrou que qualquer iniciativa do Executivo precisará do aval da Assembleia Legislativa. “Esta Casa precisa ter responsabilidade ao discutir a situação que está posta porque precisamos encontrar uma solução viável para que os servidores não sejam prejudicados”, defendeu Maria.

Da Ascom



20-09-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter