Na Política

Biblia Online

10/04/18 | 19:53h (BSB)

Eduardo Amorim amplia debate sobre a Fafen

A comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) debateu na terça-feira (10), em audiência pública o fechamento das unidades da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) em Sergipe e na Bahia, conforme anunciou a Petrobras. O debate foi requerido pelo senador Eduardo Amorim (PSDB-SE), que está preocupado com o aumento do desemprego e com a falência de empresas da cadeia produtiva do setor. O presidente da Petrobras, Pedro Parente, foi convidado para o debate, mas não compareceu. A CRA vai convidar o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, para outra audiência, bem como se reunirá com o presidente da República, Michel Temer, para tratar do assunto.

Para o senador, a audiência pública que foi requerida teve como objetivo discutir saídas para essa situação e para debater esse tema no Senado Federal. “Entendemos que a maneira com a qual a Petrobras está tratando essa questão é desrespeitosa e inconsequente tanto com o estado, quanto com o povo sergipano e, em verdade, o que temos percebido é uma sequência de desinvestimento da estatal em Sergipe”, explicou Eduardo.

Segundo o representante do Sindicato dos Petroleiros de Alagoas e Sergipe, Edivaldo Leandro, os trabalhadores já enfrentaram duas tentativas de privatização tanto da Nitrofertil como da Fafen. “Estou convencido que essa não é uma questão técnica, nem econômica é puramente política. Precisamos e agradecemos do apoio do Senado nesta causa”, disse Edivaldo que estava representando os trabalhadores.

Para o vice-governador da Bahia, João Leão, afirmou que foi criado um grupo de trabalho para debater e buscar soluções do possível fechamento da Fafen. “Até o momento não recebemos nenhuma informação da Petrobras sobre esse grupo de trabalho. Os parlamentares e os governantes baianos e sergipanos querem participar efetivamente do grupo que não pode ser apenas da estatal”, disse o vice-governador baiano que está intermediando a questão “acredito na palavra do presidente Temer que já afirmou que não fechará as Fafens”.

“Registro o desrespeito do presidente da Petrobras para com o Senado, já que não compareceu e nem enviou representante para o debate. Meu estado foi atingido de forma unilateral pela estatal. Reafirmo que os governadores da Bahia e Sergipe devem se reunir com o presidente da República para tratar desse assunto. Quero inserir que esse tema comece a ser debatido no Ministério de Minas e Energia”, afirmou a senadora baiana Lídice da Mata.

O prefeito de Laranjeira, Paulo Hagenbeck, disse que não consegue mensurar como uma empresa desse porte consegue obter prejuízos. “Concordo que essa questão deve ser debatida com o presidente. Essa é uma questão social também. Não podemos ficar dependentes de países como a Rússia. Temos que mostrar ao presidente que temos soluções que podem ser ampliadas e colocadas em prática”, disse.

Presenças

Esteve presente na audiência pública da CRA o vice-governador do Estado da Bahia, João Leão, o prefeito de Laranjeiras, Paulo Hagenbeck, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de Sergipe, José Augusto Carvalho, o diretor do Sindicato dos Petroleiros e Técnico de Operação da Fafen do Estado da Bahia (SINDIPETRO/BA), Jailton Barbosa Matos, o consultor de Biotecnologia da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Reginaldo Minaré, o chefe de Gabinete do Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Coaraci Nogueira de Castilho, o diretor Colegiado do Sindicato dos Petroleiros dos Estados de Alagoas e Sergipe (SINDIPETRO - AL/SE), Edivaldo Soares Leandro, o Presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais (ASBRAM), Ademar Leal, a vice-presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais (ASBRAM), Elizabeth Chagas, Presidente da Comissão de Pecuária da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Goiás (FAEG), Maurício Velloso.


Da Ascom



19-12-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter