Na Política

Biblia Online

09/04/18 | 05:45h (BSB)

Maria Mendonça adverte sobre correta aplicação dos recursos do Finisa

Com a autorização do Governo Federal para que o Governo de Sergipe formalize o Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), junto à Caixa Econômica, a deputada estadual Maria Mendonça (PP) lembrou que acompanhará a aplicação dos recursos e execução das obras. Segundo ela, sua preocupação é garantir que a operação de crédito, efetivamente, “sirva para a recuperação da malha viária sergipana, que há anos tem uma estrutura precária, responsável por centenas de mortes”.

A parlamentar, que desde 2011 alerta o Governo da precariedade das rodovias estaduais, lembrou que votou pela aprovação do financiamento na Assembleia Legislativa por fazer uma oposição coerente, priorizando as demandas da população. “Sempre fizemos Indicações e Emendas ao Orçamento, mas até o momento pouquíssimo se fez para deixar as estradas transitáveis. Seria justo tentar barrar a possibilidade de melhoria nessas rodovias?”, indagou Maria, ressaltando ter fundamentado seu posicionamento em informações que buscou junto à Caixa e comunicado previamente as lideranças de seu agrupamento, “que demonstraram entender as justificativas”.

Maria Mendonça elencou algumas das rodovias que, conforme descritivo do projeto aprovado na Assembleia, devem ser contempladas pelo crédito de R$ 560 milhões. “A Pedro Paes Mendonça, no agreste, está cheia de buracos, colocando em risco a vida de todos que trafegam pela estrada. Já na SE 170, em Tobias Barreto, um buraco provocou um acidente que por pouco não tirou a vida da vereadora Kitty Lima e outras quatro pessoas, essa semana”, citou a deputada.

Como teve acesso ao bojo do projeto do Conselho da Caixa, que no próximo dia 12 deve se reunir para discutir a liberação do crédito, a deputada Maria Mendonça advertiu que o Governo poderá ser acionado judicialmente, se não cumprir o que está previsto na propositura. “Caso o dinheiro não seja investido na recuperação da malha viária, vou procurar a Justiça para fazer valer o direito do contribuinte sergipano”, avisou a deputada.


Da Ascom



21-09-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter