Na Política

Biblia Online

22/03/18 | 06:00h (BSB)

Vereador Isac defende a permanência da Fafen

Desde quando começou a operar em 1982, a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), instalada no município de Laranjeiras, gerou milhares de empregos no estado. E diante da informação de que seria fechada, a assessoria de comunicação da Petrobrás, em nota, disse que a empresa já havia anunciado em setembro de 2016 que sairia do setor de fertilizantes. Segundo informações até o fim deste semestre a fábrica deixará de produzir, mas terá todos os seus equipamentos mantidos e conservados. De acordo com a companhia, em 2017, a Fafen-SE apresentou resultado negativo de cerca de R$ 600 milhões.

Durante seu pronunciamento na Câmara de Vereadores o vereador Isac declarou não acreditar em afirmações feitas por políticos sergipanos, em entrevistas aos meios de comunicação, de que não sabiam do fechamento da fábrica. “Há um sentimento em toda sociedade onde duas questões são bem claras: primeiro de que houve uma demora na ação do governo do estado em conter esta negativa. Segundo, que a informação de que André Moura, não aceita o fechamento, não cola. Essa história do governador Jackson Barreto ser surpreendido, também não. Aqui não tem crianças, nem inocentes. Os dois sabiam. André, porque é ligado a Temer, e Jackson porque é um incompetente de carteirinha, se configurando em um dos piores governantes deste estado, com uma maestria extraordinária”, declarou Isac.

Em 2014, a Fafen-SE era responsável por até 80% da importação da região nordeste. Atualmente, a fábrica conta com 272 empregados próprios. Outra notícia que também chamou a atenção no início desta semana foi a de que a Mosaic Fertilizantes, maior produtora global de fosfatados e potássio combinados, localizada na cidade de Rosário do Catete, já demitiu 83 trabalhadores, e outras 400 pessoas também podem perder seus empregos. “Onde Sergipe vai parar? Um Estado que não paga servidor em dia, não consegue executar obras em Aracaju, que por sinal foram abandonadas pelo governo do estado. E agora, um patrimônio brasileiro que é a Fafen, que importa insumos agrícolas, colocada em cheque para fechar as portas. Nós, enquanto parlamentares desta casa, devemos cumprir a tarefa de resistência, de ir às ruas. E aqueles que são correios de transmissão do prefeito, e do governador, que estão a serviço dessas pessoas, diga aqui que desdenha do povo. Agora, eu e muitos aqui, temos que dizer: Eu não votei em Temer, mas sim em um projeto chamado pátria educadora. E para vocês que votam em pessoas e não tem projetos, o que é natural votar no homem ou na mulher, só posso dizer que o presidente Michel Temer está o tempo todo querendo destruir o patrimônio desta nação. E o que nós vamos fazer?”, indagou Isac ao final do discurso.

Outros parlamentares também pediram aparte e se mostraram indignados com o fechamento da fábrica e a perda de centenas de empregos. Alguns também chamaram a atenção para a economia de Sergipe, que atravessa um período complicado e que, diante desta notícia pode ficar ainda pior.

 

Da Ascom



20-04-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter