Na Política

Biblia Online

16/03/18 | 06:16h (BSB)

STF quebra sigilo bancário de Eduardo Amorim, André Moura e Luciano Pimentel

Acusados negam acusações de compra de voto

Do Portal NaPolítica

A ministra Rosa Weber autorizou a quebra de sigilo bancário do líder do governo Temer no Congresso, André Moura, do PSC, do senador Eduardo Amorim (PSDB) e do deputado estadual Luciano Pimentel. Eles são investigados sobre suposta compra de votos.

O deputado Luciano Pimentel Luciano Pimentel permanece investigado no âmbito da Justiça Eleitoral de Sergipe. Já André Moura (PSC) e Eduardo Amorim (PSDB), por terem foro, vão se defender no Supremo Tribunal Federal.

Defesa

O deputado André Moura negou as acusações alegando que nunca foi intimado para depor e prestar esclarecimento sobre a investigação. André Moura ainda afirmou que solicitará a mais breve conclusão da investigação e uma análise judicial do vazamento da decisão de um ministro do STF.

A assessoria de imprensa do senador Eduardo Amorim afirma que o parlamentar não é interlocutor em nenhum diálogo interceptado. O senador é apenas citado em uma conversa de terceiros, que aconteceu em ambiente privado, sobre a qual não tem nenhum tipo de controle ou influência.

O deputado Luciano Pimentel negou as acusações de compra de voto e disse que em momento algum também autorizou essa compra.


Da Ascom



21-09-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter