Na Política

Biblia Online

05/03/18 | 11:59h (BSB)

Goretti Reis denuncia abandono e descaso por parte de prefeito

Como de costume nos finais de semana a deputada estadual Goretti Reis usa seu tempo para visitar e fiscalizar as ações que o prefeito deveria realizar na cidade, mas infelizmente, por onde passa o que encontra é muito descaso, abandono e total incompetência do prefeito de Lagarto.

Lixão em pleno Centro da cidade:

“Qualidade de vida não tem para ninguém. Lamentável ver um povo tão sofrido e para piorar esquecido por quem deveria trabalhar por eles. O prefeito precisa olhar para essa população e dar o mínimo de dignidade. Essas pessoas pedem muito pouco diante do que tem de direito”, pontuou a parlamentar.

Preocupada e triste com a situação do matadouro de Lagarto, que o prefeito quis fechar e deixar mais pessoas desempregadas, Goretti foi ver de perto se realmente o prefeito está atendendo as adequações solicitadas pelo Ministério Público de Sergipe para que o estabelecimento continue em total funcionamento. “Inadmissível, para tudo tem que ter intervenção de alguém, pelo prefeito fechava tudo e abandonaria o povo. Conversei como os marchantes e me coloquei a disposição, caso o prefeito não atenda as adequações solicitadas pelo MP”.


A periferia lembrada


Os moradores do residencial Antônio Martins de Menezes também foram ouvidos e infelizmente foram mais pessoas a reclamar do sofrimento que passam por falta de sensibilidade do prefeito. “Esquecimento, abandono, desprezo e insensibilidade foram palavras que ouvi por onde passei. Lamento pelo que passam tantas pessoas. O que vi foi um cenário de miséria, praça sem manutenção, esgoto estourado, dejetos dos esgotos nas ruas esburacadas, infelizmente mais um ponto de pessoas sofrendo com a omissão do prefeito Valmir.

E, infelizmente não acabou por aí Goretti, também esteve visitando as 544 casas do Residencial Dr. João Almeida Rocha que há meses foi concluído e as pessoas não recebem suas casas. “A causa disso? Mais uma vez o prefeito não enxerga essas pessoas como gente. São 544 portas fechadas para pessoas humildes e sofredoras que sonharam em ter a casa própria, mas por falta de gestor o sonho virou pesadelo. É lamentável que os lagartenses precisam de interferência de órgãos para conseguirem melhorias. Da gestão que aí está nada acontece. Como parlamentar preciso estar ao lado da população e é isso que tenho feito. A prefeitura não cumpre seu papel e deixa o povo sofrendo e serei a porta voz dessas pessoas. Prefeito passou da hora de o senhor assumir suas responsabilidades e garantir o mínimo de dignidade para os lagartenses. Continuarei trabalhando por Sergipe.


Da Agência Alese



11-12-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter