Na Política

Biblia Online

22/01/18 | 06:47h (BSB)

Emília criticar abandono da Orlinha do Bairro Industrial

A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), volta a criticar o abandono da Orlinha do Bairro Industrial, na zona norte de Aracaju. Segundo a parlamentar, comerciantes e moradores reclamam da sensação de abandono desse importante ponto turístico da capital.

Para Emília, o péssimo tratamento que a administração municipal tem dado aos espaços públicos, demonstra a sua falta de compromisso como a história dos moradores do tradicional bairro industrial de Aracaju.

“Recebemos através das redes sociais várias reclamações, e uma delas é um apelo dos comerciantes e moradores da Orlinha do Bairro Industrial, que estão se sentindo abandonados pela gestão do prefeito Edvaldo Nogueira”, alertou.

De acordo com Emília, após a fiscalização no local de parte da extensão do ponto turístico, foi constatada a falta da manutenção do local, reveladora da ausência de serviços básicos, inclusive não se viu a presença efetiva da Guarda Municipal de Aracaju.

“São bancos danificados, paredes pichadas, estradas de passeio danificadas; as pedras portuguesas das calçadas soltas, postes sem iluminação, o deck com as madeiras soltas, além do posto da Guarda Municipal desativado, entre outros problemas estruturais. Tudo isso está comprovado por vídeos feitos por mim e já postados nas minhas redes sociais (Facebook e Instagram).

Por fim, Emília disse esperar que algo efetivamente seja feito rapidamente pela comunidade do Bairro Industrial, que clama por melhorias. A manutenção e preservação do espaço público compete aos agentes públicos.

“Até parece que o prefeito Edvaldo Nogueira e sua equipe, não caminham por Aracaju, o que os impede de realizarem os serviços que verdadeiramente o povo quer é precisa; a Orlinha do Bairro Industrial está abandonada e entregue a violência pela falta da presença da Guarda Municipal”, finalizou.


Da ascom



25-05-2018
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter