Na Política

Biblia Online

01/12/17 | 10:20h (BSB)

Emília defende a CPI da Saúde

A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), defende a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Saúde, que visa apurar os repasses de verbas do Poder Público Municipal aos hospitais filantrópicos, no período compreendido entre 2012 a 2017.

Segundo Emília, com poderes de investigação próprios das autoridades judiciais, a CPI da Saúde vai convocar pessoas para depor, ouvir testemunhas, requisitar documentos e determinar diligencias, entre outras medidas.

“Os hospitais filantrópicos vivem em situação de iminente colapso, o que vem causando enormes prejuízos ao atendimento de várias pessoas todos os dias na capital, portanto o momento é de apontar os responsáveis e a Casa Legislativa não se furtará em exercer a sua função na defesa do povo aracajuano”, assegurou.

Para Emília, a Câmara terá a oportunidade de buscar soluções para os graves problemas financeiros enfrentados pelos filantrópicos. Os valores envolvidos são muito altos e a situação acabou gerando grandes prejuízos aos usuários do sistema.

“O cidadão quer a solução do problema para ter um serviço de melhor qualidade. A situação é grave e a Câmara dará a sua contribuição. A CPI da Saúde investigará possíveis malfeitos eventualmente cometidos por agentes públicos ou políticos”, destacou.

Por fim, a parlamentar lembra que a CPI da Saúde representa um clamor do povo, que exige uma investigação aprofundada para apurar e, ao final, se necessário, o encaminhamento dos elementos coletados ao Ministério Público para punir os envolvidos pelos desmandos contra os cofres públicos.

“O clamor dos usuários do sistema de saúde é parte do princípio histórico e institucional da Comissão Parlamentar de Inquérito, ou seja, proteger o direito da coletividade, que concede ao representante do povo o poder de chegar aos culpados pela crise na saúde,” advertiu.

Por Andrea Lima



16-12-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter