Na Política

Biblia Online

08/11/17 | 07:08h (BSB)

Deputados votam na Alese Projeto de Lei da Criação de Camarão

O deputado Moritos Matos usou o pequeno expediente desta terça-feira, 7, na Assembleia Legislativa de Sergipe – Alese – para falar sobre o projeto de lei 183/ 2017 que dispõe sobre a Política Estadual da Carcinicultura (criação de camarão) que visa regularizar essa atividade trazendo benefícios relacionados a segurança alimentar, preservação ambiental, aumento da produção e melhor gerenciamento de recursos e tributações. “Desde o início do ano nós já vinhamos acompanhando os produtores de camarão aqui no nosso Estado e com a ajuda de um engenheiro de pesca nós apresentamos um projeto. Mas a associação dos produtores deu entrada em outro projeto através do presidente desta Casa, Luciano Bispo. Depois de uma conversa eu retirei o meu projeto justamente para que esse outro projeto que vem com a autoria do presidente desta Casa e minha autoria venha a ser aprovado”, explica o parlamentar.

Moritos Matos acrescenta que o seu projeto tinha prioridade, mas que poderia não ser aprovado pela Assembleia Legislativa. “O nosso interesse é justamente melhorar a vida dos criadores e dar mais condição a eles e não o de atrapalhar, por isso, retirei o meu projeto, ele tinha prioridade pelo fato de eu ter dado entrada primeiro, mas conversamos e achamos melhor, porque, de repente, o nosso projeto poderia não passar nessa Casa e prejudicar os criadores de camarão do nosso Estado. Então nós retiramos o nosso e estamos junto com o presidente dessa casa assinando o projeto de lei 183/ 2017”, expõe o deputado.

Segundo dados da Associação dos Criadores de Camarão, existem mais de 600 viveiros do crustáceo em Sergipe. “A tendência é crescer com a aprovação dessa lei. Hoje a produção mensal gira em torno de 600 toneladas por ano, o que coloca Sergipe em 4o lugar na produção de camarão cinza do Nordeste. Com certeza esse nosso projeto em parceria com o presidente desta Casa fará com que o Estado invista mais e devemos melhorar no ranking”, acredita Matos.

O parlamentar revela que existe cerca de 10 mil famílias que se beneficiam da carcinicultura. “A tendência é melhorar, vejo com bons olhos a aprovação desse projeto e eu não tenho dúvidas que amanhã todos os deputados votarão favorável. Até mesmo porque é do interesse da população. Peço aqui o apoio de todos para que possamos aprovar esse projeto”, enfatiza Moritos Matos.

Da Assessoria de Imprensa do Parlamentar



20-11-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter