Na Política

Biblia Online

06/10/17 | 08:52h (BSB)

Lucas Aribé faz prestação de contas

Nesta quinta-feira, 05, o vereador Lucas Aribé (PSB) usou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para apresentar os resultados da 5ª Semana Aracaju Acessível, realizada de 17 a 24 de setembro, em alusão ao Dia Nacional e Municipal de Luta da Pessoa com Deficiência.

O parlamentar reforçou o compromisso com a mensagem de direito de ir e vir do pedestre com palestras realizadas em escolas, faculdades e universidades, sobre a Campanha Pratique Cidadania: Deixe a Calçada Livre para o Pedestre. “Fizemos atividades na Universidade Tiradentes, no Senac e na CMA , incluindo oficinas de brinquedos, da Libras dedicada aos assessores, aos parlamentares, de audiodescrição, braile, de ‘curativos urbanos’ para analisar as calçadas próximas à praça principal do Bugio e atividade ensinando como produzir um livro sensorial”, resume o vereador.

O vereador pontuou o que ocorreu durante a semana e reforçou a participação de IV Passeio Ciclístico, em 17 de setembro. “Realizamos a sessão especial na CMA com a presença de todos os vereadores; a 2ª Audiência Pública na Alese com a presença de 70 pessoas. Além de todas as vivências sensoriais durante o Encontro da Rede de Leitura e a distribuição de 20 mil panfletos com a mensagem alusiva ao direito de ir e vir do pedestre que compõe nossa campanha”, pontua.

Segundo Aribé, o 4º seminário, realizado na Unit com a especialista Alessandra Marinho, coordenadora do Departamento de Obras e Serviços da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal para discutir as condições das calçadas e passeios públicos com estudantes do curso de Arquitetura e Urbanismo. “Nos Jogos Cidadãos, cerca de 200 pessoas participaram, sendo 50% delas com deficiência, praticando diversas modalidades esportivas como bocha, jogos de mesa, judô, golball e vôlei sentado, entre outros”, afirma.

Lucas continua comentando que no encerramento da Semana Aracaju Acessível realizamos a caminhada no Augusto Franco com a calçada itinerante da Uninassau, aula pública com professores e alunos da Universidade Federal de Sergipe e observatório nas calçadas da região da Praça da Juventude. “Finalizamos nosso projeto com a missa em Ação de Graças na Catedral Metropolitana de Aracaju para agradecer a Deus por tudo isso, com a presença de quatro pessoas surdas e intérprete de libras”, explana.

“Com esse projeto, conseguimos movimentar, em termos de ações, mais de mil pessoas, atingindo diretamente mais de 20 mil pessoas. Todo nosso material está disponível no meu site e nas redes sociais, inclusive esta apresentação vocês podem baixar com todas as informações e fotos. Cumprimos essa missão de levar acessibilidade e lutar por melhorias às pessoas com deficiência. Não queremos privilégios, mas respeito. Agradeço a todos os aracajuanos que nos apoiaram e participaram para a realização da 5ª Semana Aracaju Acessível”, finaliza.


Da CMA



21-10-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter