Na Política

Biblia Online

16/08/17 | 10:24h (BSB)

Orsse apresenta Concerto dedicado à Dança no Século XX

Públicos de diversas idades lotaram o Teatro Tobias Barreto, nesta quinta-feira, 10, para assistir ao concerto dedicado à “Dança no século XX”, apresentado pela Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse), sob a regência de seu maestro assistente, Daniel Nery. O repertório reuniu composições que foram do balé até a dança brasileira.


Segundo o maestro, nos últimos concertos, a Orsse tem sempre pensado em trazer apresentações temáticas, que integram o grande e vasto repertório sinfônico ao cotidiano das pessoas. “A ideia de apresentar este concerto sobre as danças no século XX partiu deste princípio, tendo em vista a sua importância na história da música. Quando pensamos um concerto, não queremos apenas apresentar um compositor ou uma obra, mas instigar o público a conhecer o repertório e despertar a curiosidade para a música sinfônica e para a sua orquestra”, considerou.


A apresentação foi iniciada com a obra “Prelúdio após a Tarde de um Fauno”, de Claude Debussy. A peça não é somente um marco na história da música, mas também aquela que iniciou o crepúsculo do sistema tonal e a aurora da música contemporânea. Foi também coreografada pelo bailarino Vaslav Nijinsky em 1912, um furor para a época.


Logo em seguida, o ritmo frenético da música latina de Arturo Márquez em seu Danzon n. 2 foi arrebatado pela complexa Dança Infernal, do balé O Pássaro de Fogo, de Igor Stravinsky. Na segunda parte do programa, foi a vez das Danças Polovetsianas, que são uma das secções mais conhecidas da ópera O Príncipe Igor. Ainda na ocasião, a música brasileira não ficou de fora. Encerrando a noite, a Orsse apresentou a “Dança Brasileira”, de Camargo Guarnieri e o “Batuque”, de Oscar Lorenzo Fernandes, contagiando o público presente.


A noite também foi uma ocasião especial para cerca de 20 alunos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social do município de Rosário do Catete. “A música tem um papel fundamental na formação dos jovens. Hoje é um dia muito especial para eles”, destacou o secretário de Assistência do município, Ellysson Santos.

A Orquestra Sinfônica de Sergipe é mantida pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O próximo concerto está marcado para a quinta-feira, 31 de agosto, às 20h30, também no Teatro Tobias Barreto, sob a regência do Maestro Guilherme Mannis.


Da ASN



21-10-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter