Na Política

Biblia Online

03/08/17 | 08:01h (BSB)

Emília cobra a reforma do Museu do Mangue na Coroa do Meio

A defensora pública e vereadora Emília Corrêa (PEN), cobra a reforma do Museu do Mangue, localizado no bairro Coroa do Meio, Zona Sul da capital. O objetivo do espaço era promover a educação ambiental e conscientização ecológica, além de servir como opção de lazer para a população aracajuana.

Segundo Emília, o Museu do Mangue foi projetado como alternativa socialmente sustentável, às margens da maré do Apicum, para garantir um espaço de convivo social, sem abrir mão da preservação dos recursos naturais. “O Museu do Mangue já funcionou com espaço de lazer, esporte e convivência social, onde a comunidade do bairro podia usufruir de um local rústico, tendo, ao mesmo tempo, lições de como preservar as áreas de manguezais”, pontuou.

Para Emília, falta boa vontade da administração municipal em revitalizar o espaço público; com isso, os maiores prejudicados são os moradores do local que ficam sem um espaço agradável, dando espaço à práticas criminosas. “Era um espaço agradável, que famílias inteiras se reuniam, principalmente nos finais de tarde; agora o local virou um espaço ocupado por moradores de rua e alvo do vandalismo. A recuperação do Museu do Mangue é necessária e urgente para garantir a tranquilidade dos moradores do local e para voltar a servir de instrumento de fomento do sentimento de defesa do meio ambiente”, destacou.

Por fim, a parlamentar cobrou mais compromisso da administração municipal em possibilitar ao aracajuano acesso ao espaço, que agrega valores culturais e lúdicos, além despertar para a educação ambiental. “A revitalização irá oferecer aos aracajuanos e visitantes um espaço de convivência coletivo que potencializará a importância da conservação e preservação do meio ambiente”, finalizou.


Da Ascom



19-08-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter