Na Política

Biblia Online

03/08/17 | 06:34h (BSB)

Iran discute pedido de reajuste do valor da passagem

Mais uma vez, o vereador Iran Barbosa (PT) posicionou-se contra o aumento da tarifa do transporte coletivo em Aracaju. Na manhã desta quarta-feira, 2, no Parlamento Municipal, Iran expôs dados para defender o caráter inoportuno deste aumento.

“O pedido de aumento do valor da tarifa, feito pelos empresários, faz parte da busca pela ampliação dos lucros para as empresas. No entanto, é preciso lembrar que há outra parte neste processo, é preciso lembrar do povo, que usa e financia o Sistema de Transporte Coletivo e é necessário refletir como o resultado do aumento irá interferir nas condições de vida do povo, que já está sufocado pelas medidas antipopulares do governo federal”, afirmou Iran Barbosa.

Iran relembrou, inclusive, o seu voto contrário ao Projeto de Emenda à Lei Orgânica nº 1/2017, que retira do Poder Legislativo a prerrogativa de apreciar e alterar o valor da majoração do preço da passagem dos ônibus, que foi colocado em votação e aprovado, em segunda votação, no último dia dos trabalhos legislativos do primeiro semestre deste ano, em 4 de julho, no apagar das luzes.

Dados

Iran mostrou um gráfico que faz o comparativo do percentual do aumento da tarifa de ônibus em 15 capitais do País no mês de fevereiro de 2017 e o valor, em reais, da passagem. “Se for confirmado o aumento das passagens em torno de 30%, percentual solicitado pelos empresários, Aracaju será a capital brasileira com a maior majoração na passagem do transporte coletivo, e, consequentemente, Aracaju continuará sendo uma das cidades com a tarifa mais cara”, analisou.

Em outra tabela, entre 2005 e 2015, foi comparada a evolução da tarifa do transporte coletivo em Aracaju com a evolução da inflação e a variação do valor dos salários de cobradores e motoristas. “Nesse período, o acumulado de reajuste do valor da tarifa é de 88,57%, quando o acumulado para a evolução da inflação foi de 59,02% e para a variação dos salários dos trabalhadores e motoristas foi de 70,5%. O que mostra que o valor do reajuste da tarifa está sendo sempre superior”, analisou Iran.

Ainda segundo o parlamentar, o inchaço no valor da tarifa foi decorrente de erros e manipulações nos valores dos insumos constantes das planilhas utilizadas para definição do cálculo do valor das passagens. “Manipulações graves nas planilhas de custos acabaram por inflar o valor final da passagem, incluindo coisas absurdas como custos sobre câmaras de ar; subavaliação do tempo útil dos pneus; e generalização do uso de cobradores em toda a frota, por exemplo”, pontuou.

“Fui pessoalmente com a minha assessoria fazer um levantamento sobre os preços dos insumos colocados nas planilhas e provei que os valores apontados eram mais elevados que os valores praticados nos balcões das lojas”, lembrou.

Medidas

Iran defende que, antes de o Poder Executivo analisar o pedido de aumento do valor da tarifa do transporte coletivo, feito pelo Setransp, o prefeito Edvaldo Nogueira deve tomar três medidas. “Defendo que seja feita uma auditagem no atual valor da tarifa; que seja atualizada a Lei que institui a planilha de custos; e que seja proposta uma nova Lei para o Conselho Consultivo da SMTT, já que a atual legislação, além de ser ultrapassada, não inclui representação de usuários do Sistema de Transporte Coletivo entre os seus membros”, disse o parlamentar.

Audiência Pública

Iran Barbosa aproveitou para informar que protocolou o Requerimento nº 340/2017, que propõe que seja convocada e realizada uma Audiência Pública, no Plenário da Câmara Municipal, no dia 15 de agosto, às 15 horas, para debater sobre a Tarifa do Transporte Coletivo na Cidade de Aracaju e Região Metropolitana. “É muito importante a presença dos usuários do transporte coletivo e da população em geral para debatermos sobre este aumento. Desde já, todos estão convidados”, informou Iran Barbosa.


Da CMA



24-08-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter