Na Política

Biblia Online

09/05/17 | 08:12h (BSB)

Márcio Macêdo participa do Congresso

O secretário nacional de Finanças do PT, Márcio Macêdo, participou, no último final de semana, do Congresso Estadual do partido, em Sergipe. No evento, que discutiu a conjuntura política do país, o atual presidente estadual da sigla, Rogério Carvalho, foi reeleito, com 76% dos votos. Também foram escolhidos os delegados nacionais, que representarão o Diretório de Sergipe no 6º Congresso Nacional do PT, que ocorrerá entre 1º e 3 de junho.

 

Para Márcio Macêdo, a etapa estadual funcionou como espaço de debate sobre o futuro do partido e do país. Ele avalia que o 6º Congresso Nacional do PT será um “divisor de águas” no sentido de apresentar à sociedade os caminhos que o partido pretende trilhar para a retomada do projeto estratégico que transformou o país e para levar Lula novamente à Presidência da República.  

 

“O Congresso Estadual é a demonstração da importância do debate na vida do partido e da participação da militância. Estou muito feliz com o que foi construído, nestes dias, no PT de Sergipe. Elegemos com maioria ampla o companheiro Rogério Carvalho. Elegemos também a composição da chapa e os delegados nacionais. Nosso objetivo central é preparar o PT para fazer a travessia deste momento do projeto neoliberal do golpista Michel Temer, que não foi eleito pelo povo e tentar impor uma agenda ultrapassada e que retira direitos dos trabalhadores”, afirmou Márcio Macêdo.

 

Unidade

 

Ele reiterou ainda a necessidade dos petistas se manterem unidos e em oposição ao governo de Michel Temer.  “É um governo usurpador, que está rasgando a CLT com o engodo da Reforma Trabalhista, que precariza a vida com a Lei da Terceirização e que tenta acabar com a aposentadoria dos trabalhadores uma reforma criminosa da Previdência”, disse.

 

Neste sentido, o petista defendeu mudanças internas no PT. “A unidade se constrói com decisões colegiadas tendo a participação de todos, com protagonismo da juventude e ampliação da relação com os movimentos sociais, populares e sindicais”, apontou.

 

Política local

 

Sobre a política estadual, o secretário nacional de Finanças defendeu a permanência do PT no governo de Jackson Barreto, o que foi aprovado pela maioria das lideranças e militantes do partido. Ele também reforçou que o PT deve estar presente na chapa majoritária nas eleições estaduais em 2018. 


Da Ascom



18-11-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter